notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
10.4.09

Para Arthur Blessitt todo dia era Páscoa. Pelo menos nos últimos 40 anos. Durante quatro décadas o americano carregou em penitência uma cruz de 3,6 metros e 20 quilos. Arthur, de 68 anos, atravessou o mundo levando a sua cruz de madeira. O 'Forrest Gump' da fé caminhou mais de 60 mil quilômetros! Claro, entrou para o livro Guinness. O religioso esteve em 52 zonas de guerra, como o Líbano (primeira foto), e quase teve a missão acabada quando enfrentou um pelotão de fuzilamento na Nicarágua em 1978. Conseguiu escapar e encontrar personalidades como o líder palestino Yasser Arafat, o Papa João Paulo II, o comandante líbio Muamar Kaddafi e o ex-presidente americano George W Bush, que teria dito ter renascido como cristão após estar com Arthur.
No Marrocos, o primeiro país islâmico visitado na empreitada, em 1972, Arthur foi recebido com pedras pelos moradores de Tetouan. "As pessoas começar a cuspir e a lançar pedras contra mim. No centro da cidade havia uma multidão me esperando", contou. Novamente escapou. Segundo ele, pela força das orações.
A aventura épica de Arthur foi financiada por doações ao longo do caminho. Em 1990, ele passou a ser acompanhado na jornada pela esposa, Denise, com quem teve uma filha, Sophia. No primeiro casamento, teve seis filhos. Em junho, Atrthur e Denise terminaram a aventura. Agora, o religioso se prepara para lançar um documentário. E, certamente, em todos os sentidos, está se sentindo mais leve.


link do postPor anjoseguerreiros, às 11:50 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO