notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
1.4.09
O avô da menina Isabella Nardoni, 5,, morta há um ano, o advogado Antonio Nardoni, enviou à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de São Paulo uma carta onde pede que a entidade fiscalize o processo contra seu filho Alexandre Nardoni e sua nora, Anna Carolina Jatobá.
O casal vai a júri popular pela morte da menina. Isabella foi assassinada na noite de 29 de março do ano passado. Ela foi agredida e jogada do sexto andar do prédio onde morava o pai e a madrasta, na zona norte de São Paulo. Eles negam a autoria no crime.
A OAB informou que não pretende divulgar a carta, que tem três páginas e foi entregue pela irmã de Alexandre. A carta estava lacrada e endereçada à OAB. De acordo com a entidade, o texto traz um desabafo do pai de Alexandre, que disse estar preocupado com a repercussão do caso. Segundo a OAB, Antonio teria reclamado da falta de provas contra o casal e de dificuldades ao longo do processo.
Na carta, o pai se diz convicto da inocência de Alexandre e da nora, segundo a entidade, faz um apelo para que a OAB fiscalize os princípios constitucionais da ampla defesa e do contraditório.
"Considerando que há advogado legalmente constituído no processo, não me cabe fazer manifestação sobre o mérito do mesmo. A OAB está à disposição, para receber o advogado que patrocina a causa, se for do interesse dele, para que ele possa bem exercer seu mandato e dessa forma garantir um julgamento justo", afirmou o presidente da OAB, Luiz Flávio Borges D'Urso.


link do postPor anjoseguerreiros, às 20:19 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO