notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
24.4.09
GENEBRA - A Organização Mundial da Saúde (OMS) se mostrou preocupada nesta sexta-feira com a confirmação de um surto da gripe suína nos Estados Unidos e no México que pode ter causado 60 mortes de seres humanos. A Casa Branca está acompanhando de perto o surto e o presidente Barack Obama já foi informado, disse uma autoridade do governo nesta sexta-feira.
Na capital mexicana as escolas foram esvaziadas e a população está se protegendo com máscaras nas ruas.
A agência das Nações Unidas disse que ativou seu Centro de Operações de Estratégia de Saúde - que comanda e controla agudos episódios de saúde pública -, mas não disse se considera expedir um alerta de viagem para a região.
Autoridades da saúde pública dos EUA disseram na quinta-feira que sete pessoas foram diagnosticadas com um novo tipo de gripe suína na Califórnia e no Texas, enquanto o ministro da Saúde do México confirmou nesta sexta-feira que dezenas de mortes registradas nas últimas semanas foram provocadas também pela gripe suína.
- Esse é um vírus que agia nos porcos e que em algum momento foi transmitido a humanos - disse o ministro José Angel Cordova à rede de tevê Televisa.
O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA informou que o vírus é uma mistura nunca vista antes de outros vírus que afetam porcos, aves e humanos. Todas os sete americanos que pegaram a doença se recuperaram.
Mas a gripe suína também se espalhou para o México, matando ao menos 16 pessoas.
Um porta-voz da OMS em Genebra disse à Reuters que a organização está "diariamente em contato com as autoridades dos EUA, Canadá e México".
O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos disse que o vírus era uma mistura nunca antes vista de uma típica virose entre porcos, aves e humanos. Todos os sete pacientes americanos se recuperaram.
A porta-voz da OMS Fadela Chaib disse que as autoridades mexicanas perceberam uma ocorrência de gripe incomum no fim de março e abril.
- Houve 800 casos suspeitos de gripe, com 57 mortos na região da Cidade do México - afirmou. - Casos semelhantes tem sido descobertos em San Luis Potosí, na região central do México. O número de casos suspeitos é de 24 e 3 mortes - acrescentou ela.
As aulas de milhares de crianças mexicanas foram canceladas nesta sexta-feira, após a gripe ter matado cerca de 20 pessoas nos últimos dias.


tags: ,
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:37 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO