notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
23.2.09
Uma mulher morreu em Santa Maria (a 314 km de Porto Alegre) após receber vacina contra febre amarela. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, ela desenvolveu um "evento adverso grave".
A confirmação foi dada pelo órgão após exames realizados no instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Outras quatro pessoas morreram neste ano no Estado por causa da doença.
O órgão não informou a identidade da vítima nem quando ela recebeu a vacina.
No dia 7 de janeiro, o governo confirmou a primeira morte em decorrência da doença desde 1966.
A última vítima contraiu a doença em dezembro, quando visitou a cidade gaúcha de Joia, e morreu em Muriaé (MG) no dia 7 de janeiro. Exames laboratoriais confirmaram a causa da morte. A identidade do homem, de 36 anos, não foi divulgada.
A febre amarela no Rio Grande do Sul é da modalidade silvestre, transmitida pelo mosquito Haemagogus, que só habita áreas de mata.
O ressurgimento da febre amarela no Rio Grande do Sul, depois de 43 anos sem casos em humanos, levou as autoridades a incluírem 134 dos 496 municípios gaúchos em uma zona de risco de contágio.
Nestas cidades, 90% da população--cerca de 1,4 milhão de pessoas-- já foi vacinada desde novembro.

Fonte: Folha On-line
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:57  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO