notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
28.2.09
SÃO PAULO - A estudante do segundo ano de Pedagogia da da Fundação Municipal de Educação e Cultura (Funec), Layane Cristina da Silva, de 20 anos, acusada de queimar com uma mistura química a caloura Priscila Muniz, de 18 anos e grávida de 3 meses, negou que tenha tido a intenção de machucar a vítima. Em depoimento à polícia de Santa Fé do Sul, a 624 km de São Paulo, na manhã desta segunda-feira, Layane disse que entrou numa loja veterinária, na companhia de um outro estudante da Funec, e pediu a atendente um produto que deixasse mal cheiro. Acabou comprando creolina, indicada pela atendente.
Segundo a polícia, o produto químico, além de Priscila, teria queimado outros três calouros durante trote na noite do último dia 9, na saída da universidade.
- Ela resolveu comprar creolina por causa do mau cheiro. Disse que não tinha a intenção de causar queimadura e afirmou que jogou o líquido apenas na Priscila - disse o delegado Gervásio Fávaro, que investiga o caso.
Ainda segundo Fávaro, uma testemunha disse que teria avisado Layane que a creolina poderia causar queimadura, o que teria sido ignorado pela veterana.
- Ela sabia disso, teria sido avisada. Ainda que ela diga que não teve a intenção, foi um ato doloso e ela responderá por isso. Estamos agora aguardando o resultado dos novos exames médicos para indiciá-la por lesão corporal leve ou grave - diz Gervásio.
O delegado disse que agora pretende ouvir outros estudantes que participaram do trote, inclusive o que acompanhou Layane na veterinária onde o produto foi comprado. A responsável pelo estabelecimento também deve ser ouvida. Lei Antitrote
A Câmara Municipal de Santa Fé do Sul aprovou nesta quarta-feira de Cinzas, em regime de urgência e por unanimidade (9 votos), um projeto de lei que proíbe o trote dentro e fora da Fundação Municipal de Educação e Cultura (Funec), única universidade do município.
O projeto, de autoria do vereador Edinho Barbieri (PSDB), permite apenas os trotes solidários e culturais. A proposta foi apresentada aos vereadores de Santa Fé do Sul logo após Priscila e outros três alunos serem queimados durante os trotes.

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:21  comentar

De Maria Célia a 28 de Fevereiro de 2009 às 17:21
A desculpa de todos é a mesma....não tinham intenção.
Que aprendam com seus erros antes que seja tarde.

Agradeço sua visita
Maria Célia

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO