notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
28.4.09
Duas garrafas com etanol para desinfecção na estação de trem de Lausanne

O incidente lembra cenas de um filme americano de catástrofe, mas ocorreu de fato. Para quem achava que Bin Laden é o maior perigo da humanidade, não contava com esses parasitas intracelulares.
Segundo a polícia helvética, um técnico do Centro Nacional para Influenza (CNRI) estava viajando na segunda-feira (27/04) para Zurique, onde iria buscar oito frascos de amostras, dos quais cinco continham o vírus da gripe suína. A encomenda havia sido feita pelo Ministério suíço da Saúde com o objetivo de desenvolver testes de reconhecimento da enfermidade no CNRI.
Os frascos estavam caixas triplas hermeticamente fechadas e refrigeradas por gelo seco, como as que são utilizadas normalmente nesse tipo de transporte de risco. Por descuido, alguém se esqueceu de embalar bem o gelo seco. Durante a viagem com o trem da linha St. Gallen-Genebra, o gás exalado elevou demasiadamente a pressão dentro da caixa e então, às 18.39, quando o trem estava parado em Friburgo, ela explodiu, ferindo o transportador e uma mulher. Os frascos também foram quebrados no mesmo momento.
O técnico imediatamente contatou as autoridades e começou a recolher os fragmentos. Uma hora depois, a polícia interceptava o trem nas proximidades de Lausanne para possibilitar o tratamento dos 61 passageiros. Apesar de um certo pânico inicial (imagine, caro leitor, você numa situação dessas), estes foram logo tranqüilizados pelos especialistas do Hospital Cantonal de Vaud: apesar do vírus contido nos frascos serem do tipo H1N1, a mesma família do vírus da gripe suína, eles eram de uma variação completamente inócua para os seres humanos. Alarme falso!
Afora o incidente, também na Suíça só se fala da possível pandemia. As autoridades helvéticas dizem estar mais preparadas como nunca para ela: desde o surgimento da gripe aviária, o governo estocou para um quarto da população doses de Tamiflu, medicamento produzido pelo laboratório suíço Roche e que combate também o novo tipo de vírus da gripe suína - o A/H1N1, do México.

Enviado por Alexander Thoele -
28.4.2009



fonte:http://oglobo.globo.com/blogs/suica/posts/2009/04/28/vidro-com-virus-da-gripe-suina-quebra-em-trem-181046.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:57  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO