notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
6.1.09
MATO GROSSO - Rir para não chorar. A Coordenação de Exames Vestibulares (CEV) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFTM) divulgou alguns exemplos das respostas de candidatos que prestaram o vestibular 2009 da instituição. As 'pérolas', respostas absurdas, apontadas pelos candidatos, a princípio causam risos. No entanto, demonstram o despreparo dos estudantes na compreensão e interpretação das questões apresentadas nas provas discursivas.
Em uma das questões, é apresentada uma charge onde o morador de uma pequena ilha se surpreende com um navio de guerra com a bandeira norte-americana. Ele questiona o que aquela frota faz no Caribe. Outro morador responde que o navio deve estar procurando armas de destruição em massa. Com base nesta charge, a UFMT perguntou em que fato histórico se baseou a ironia da charge. Como resposta, pretendia obter dos candidatos argumentos referente à invasão americana no Iraque. Candidatos responderam, jocosamente ou não, fatos históricos que nada têm a ver com o que propunha a charge. Um deles citou a descoberta do Brasil. Outro disse que o fato se refere ao ataque às Torres Gêmeas.
- Baseia-se na Segunda Guerra Mundial em que os EUA, buscou armas e ajuda no Caribe exatamente na Ilha Pearl Mabor (sic) - afirma um outro candidato.
- Lendo a charge o fato baseia um pouco com o Brasil, que compra contrabando de outros estados - atesta outro candidato.
Uma questão apresentava uma propaganda da Petrobras sobre suas ações em prol da natureza. A pergunta era sobre como a construção da propaganda favorece a natureza e não privilegia a cultura. A resposta correta seria sobre a frase que a Petrobras não deixará a natureza virar peça de museu, igualando a arte a nada.
A idéia não foi entendida por muitos candidatos.
- Se o peixe-boi não é peixe não é boi para que preservar? - questionou um estudante.
- Possibilita dizendo que a grande parte da população brasileira tem como cultura visitar, passear com a família em museus. Assim tornando uma coisa com mais livre acesso - tentou argumentar outro vestibulando. - A propaganda só nos ensina que devemos proteger somente o peixe-boi, quando o certo seria explicar que devemos cuidar de toda à natureza, todos os dias e criar-mos uma cultura de preservação - diz um terceiro candidato.
A CEV mostrou-se preocupada com o nível das respostas dos candidatos. Para a UFMT, essa amostra evidencia que a produção de leitura vai além do conhecimento lingüístico.
- Abarca o conhecimento das diversas disciplinas escolares, o contexto familiar, a vivência do aluno; evidencia também a necessidade de discussão, reflexão principalmente no momento em que se ensina leitura - explica.
O resultado final do vestibular 2009 da UFMT deve ser divulgado ainda este mês.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:33  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO