notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
22.1.09
RIO - Os estúdios Warner Bros. vai levar para os cinemas um dos mais tradicionais desenhos animados: "Tom e Jerry". A idéia é que o filme será nos moldes de "Alvin e os esquilos" e "Garfield", em que a famosa dupla ganhará vida como personagens em animação tipo CG, mas interagindo com cenários reais.
O produtor Dan Lin, de "Terminator: Salvation", vai adaptar o clássico desenho dos estúdios Hanna-Barbera em uma história inédita sobre como Tom e Jerry se encontraram pela primeira vez e viraram rivais. De acordo com a revista "Variety", o roteiro está sendo escrito por Eric Gravning.
Os estúdios Warner possuem os direitos dos populares desenhos de Hanna-Barbera e estão desenvolvendo projetos para vários deles, como uma versão de "Os Jetsons" dirigida por Robert Rodriguez, e uma de "Zé Colméia" pelas mãos do produtor Donald De Line. A Warner já levou para as telas com sucesso o clássico "Scooby-Doo", arrecadando US$ 457 millhões com uma franquia de dois filmes, e os personagens da série Looney Tunes em dois longas: "Space Jam", com o jogador de basquete Michael Jordan em 1996, e "Looney Tunes: De volta à ação", com Brendan Fraser em 2003.
Originalmente, "Tom e Jerry" é uma série de 114 curtas-metragens animados produzidos pelo estúdio de animação da MGM entre 1940 e 1960, e ganhou sete prêmios da Academia. Novos desenhos foram produzidos depois disso, e a Warner Bros. lançou "Tom e Jerry: O filme" em 1992 como um longa-metragem de animação.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:47  comentar

RIO - Os estúdios Warner Bros. vai levar para os cinemas um dos mais tradicionais desenhos animados: "Tom e Jerry". A idéia é que o filme será nos moldes de "Alvin e os esquilos" e "Garfield", em que a famosa dupla ganhará vida como personagens em animação tipo CG, mas interagindo com cenários reais.
O produtor Dan Lin, de "Terminator: Salvation", vai adaptar o clássico desenho dos estúdios Hanna-Barbera em uma história inédita sobre como Tom e Jerry se encontraram pela primeira vez e viraram rivais. De acordo com a revista "Variety", o roteiro está sendo escrito por Eric Gravning.
Os estúdios Warner possuem os direitos dos populares desenhos de Hanna-Barbera e estão desenvolvendo projetos para vários deles, como uma versão de "Os Jetsons" dirigida por Robert Rodriguez, e uma de "Zé Colméia" pelas mãos do produtor Donald De Line. A Warner já levou para as telas com sucesso o clássico "Scooby-Doo", arrecadando US$ 457 millhões com uma franquia de dois filmes, e os personagens da série Looney Tunes em dois longas: "Space Jam", com o jogador de basquete Michael Jordan em 1996, e "Looney Tunes: De volta à ação", com Brendan Fraser em 2003.
Originalmente, "Tom e Jerry" é uma série de 114 curtas-metragens animados produzidos pelo estúdio de animação da MGM entre 1940 e 1960, e ganhou sete prêmios da Academia. Novos desenhos foram produzidos depois disso, e a Warner Bros. lançou "Tom e Jerry: O filme" em 1992 como um longa-metragem de animação.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:47  comentar

RIO - Os estúdios Warner Bros. vai levar para os cinemas um dos mais tradicionais desenhos animados: "Tom e Jerry". A idéia é que o filme será nos moldes de "Alvin e os esquilos" e "Garfield", em que a famosa dupla ganhará vida como personagens em animação tipo CG, mas interagindo com cenários reais.
O produtor Dan Lin, de "Terminator: Salvation", vai adaptar o clássico desenho dos estúdios Hanna-Barbera em uma história inédita sobre como Tom e Jerry se encontraram pela primeira vez e viraram rivais. De acordo com a revista "Variety", o roteiro está sendo escrito por Eric Gravning.
Os estúdios Warner possuem os direitos dos populares desenhos de Hanna-Barbera e estão desenvolvendo projetos para vários deles, como uma versão de "Os Jetsons" dirigida por Robert Rodriguez, e uma de "Zé Colméia" pelas mãos do produtor Donald De Line. A Warner já levou para as telas com sucesso o clássico "Scooby-Doo", arrecadando US$ 457 millhões com uma franquia de dois filmes, e os personagens da série Looney Tunes em dois longas: "Space Jam", com o jogador de basquete Michael Jordan em 1996, e "Looney Tunes: De volta à ação", com Brendan Fraser em 2003.
Originalmente, "Tom e Jerry" é uma série de 114 curtas-metragens animados produzidos pelo estúdio de animação da MGM entre 1940 e 1960, e ganhou sete prêmios da Academia. Novos desenhos foram produzidos depois disso, e a Warner Bros. lançou "Tom e Jerry: O filme" em 1992 como um longa-metragem de animação.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:47  comentar

RIO - Os estúdios Warner Bros. vai levar para os cinemas um dos mais tradicionais desenhos animados: "Tom e Jerry". A idéia é que o filme será nos moldes de "Alvin e os esquilos" e "Garfield", em que a famosa dupla ganhará vida como personagens em animação tipo CG, mas interagindo com cenários reais.
O produtor Dan Lin, de "Terminator: Salvation", vai adaptar o clássico desenho dos estúdios Hanna-Barbera em uma história inédita sobre como Tom e Jerry se encontraram pela primeira vez e viraram rivais. De acordo com a revista "Variety", o roteiro está sendo escrito por Eric Gravning.
Os estúdios Warner possuem os direitos dos populares desenhos de Hanna-Barbera e estão desenvolvendo projetos para vários deles, como uma versão de "Os Jetsons" dirigida por Robert Rodriguez, e uma de "Zé Colméia" pelas mãos do produtor Donald De Line. A Warner já levou para as telas com sucesso o clássico "Scooby-Doo", arrecadando US$ 457 millhões com uma franquia de dois filmes, e os personagens da série Looney Tunes em dois longas: "Space Jam", com o jogador de basquete Michael Jordan em 1996, e "Looney Tunes: De volta à ação", com Brendan Fraser em 2003.
Originalmente, "Tom e Jerry" é uma série de 114 curtas-metragens animados produzidos pelo estúdio de animação da MGM entre 1940 e 1960, e ganhou sete prêmios da Academia. Novos desenhos foram produzidos depois disso, e a Warner Bros. lançou "Tom e Jerry: O filme" em 1992 como um longa-metragem de animação.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:47  comentar

RIO - Os estúdios Warner Bros. vai levar para os cinemas um dos mais tradicionais desenhos animados: "Tom e Jerry". A idéia é que o filme será nos moldes de "Alvin e os esquilos" e "Garfield", em que a famosa dupla ganhará vida como personagens em animação tipo CG, mas interagindo com cenários reais.
O produtor Dan Lin, de "Terminator: Salvation", vai adaptar o clássico desenho dos estúdios Hanna-Barbera em uma história inédita sobre como Tom e Jerry se encontraram pela primeira vez e viraram rivais. De acordo com a revista "Variety", o roteiro está sendo escrito por Eric Gravning.
Os estúdios Warner possuem os direitos dos populares desenhos de Hanna-Barbera e estão desenvolvendo projetos para vários deles, como uma versão de "Os Jetsons" dirigida por Robert Rodriguez, e uma de "Zé Colméia" pelas mãos do produtor Donald De Line. A Warner já levou para as telas com sucesso o clássico "Scooby-Doo", arrecadando US$ 457 millhões com uma franquia de dois filmes, e os personagens da série Looney Tunes em dois longas: "Space Jam", com o jogador de basquete Michael Jordan em 1996, e "Looney Tunes: De volta à ação", com Brendan Fraser em 2003.
Originalmente, "Tom e Jerry" é uma série de 114 curtas-metragens animados produzidos pelo estúdio de animação da MGM entre 1940 e 1960, e ganhou sete prêmios da Academia. Novos desenhos foram produzidos depois disso, e a Warner Bros. lançou "Tom e Jerry: O filme" em 1992 como um longa-metragem de animação.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:47  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

RIO - John Travolta e sua esposa Kelly Preston vêm sendo chantageados - poucas semanas após a morte de seu filho Jett. Segundo o jornal "The Daily Mirror" o casal de atores vem sofrendo uma tentativa de extorsão por pessoas que ameaçam publicar uma foto do adolescente morto caso não recebam milhões de dólares.
A polícia das Bahamas, onde Jett teve uma morte súbita no início do mês, estaria interrogando duas pessoas. Um dos supostos chantageadores é um político local.
Em um comunicado, os advogados de Travolta, Mike Ossi e Howard Butler, afirmaram: "Em um momento de pesar tão terrível, frequentemente aparecem algumas pessoas invocando coisas falsas na tentativa de ficarem milionárias. Nunca vamos deixar que isso aconteça. Confiamos na polícia das Bahamas".


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:41  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Face às várias publicações sobre interdição de 2 (dois) lotes de produtos da linha Turma da Mônica, a Kimberly-Clark Brasil, detentora dos direitos de comercialização dos produtos infantis da linha Turma da Mônica vem esclarecer o que segue:

Os produtos talco cremoso Turma da Mônica, lote 7226, com validade até 08/2009 e o condicionador infantil Turma da Mônica, lote 8057, com validade até 02/2010 apresentaram diferença entre o pH registrado na ANVISA e o apurado em análise feita pela FUNED / Minas Gerais a pedido da Vigilância Sanitária de Minas Gerais.

A diferença apurada nos lotes em questão é mínima- de 6,3 para 6,16 no Talco e de 5,5 para 5,25 para o Condicionador - e não torna, de forma alguma, os produtos inadequados ao consumo, por não causar qualquer prejuízo à saúde, conforme resultados de testes emitidos pela MEDLAB - Laboratório de Análises Científicas. Ressalte-se que o pH fisiológico normal da pele é de 4,5 a 6,5

Desta forma, ressaltamos que não há necessidade de recall envolvendo os consumidores, por não haver qualquer possibilidade de risco à saúde.

A Kimberly-Clark, em dezembro/2008, já havia comunicado os órgãos competentes que estaria retirando os referidos lotes do talco e do condicionador de seus clientes, por medida preventiva.

Desde a colocação desses lotes de produtos no mercado, há mais de um ano, até o momento, não foi registrada nenhuma reclamação de consumidores, porém a Kimberly-Clark Brasil coloca seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) 0800 7095599 para esclarecimento de dúvidas e para a troca dos produtos desses lotes, 7226 para o talco, e 8057 para o condicionador, caso seja do interesse do consumidor.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:13  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar

Ela vendeu 9.999 cartelas ao preço de R$ 300 cada uma.Felizardo que ganhou a rifa foi o austríaco Walter Egger.

Como não conseguiu encontrar comprador para uma mansão luxuosa no sul da Áustria, a alemã Traude Daniel decidiu fazer uma rifa do imóvel. Ela vendeu 9.999 cartelas em poucos dias ao preço de 99 euros (cerca R$ 300) cada uma, levantando quase 1 milhão de euros. O sorteio aconteceu nesta terça-feira.
O vencedor da rifa foi o austríaco Walter Egger. A propriedade tem 400 metros quadrados.
UMA BOA IDÉIA!!!!!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar


Segundo árbitro Gary Bailey, pássaro estava arruinando a partida.Em um lance, jogador partia com a bola, mas parou após ouvir falso apito

O árbitro Gary Bailey deu "cartão vermelho" ao papagaio chamado Me-Tu, de nove anos, em um jogo amador, no Reino Unido, depois que o pássaro começou a imitar o barulho do apito, o que provocou confusão em campo, segundo o jornal inglês "Daily Mail".
O papagaio foi levado na gaiola por sua proprietária Irene Kerrigan, de 66 anos, ao jogo envolvendo Hertford Heath e Hatfield Town, em um torneio de veteranos, porque o pássaro gosta de observar os jogadores correndo. "Eu já mandei alguns jogadores para o 'chuveiro', mas eu nunca tinha expulsado um papagaio", disse Bailey. Aos 10min do segundo tempo, segundo o árbitro, um jogador partia com a bola para o ataque, mas, de repente, ele ouviu um apito e parou. No entanto Bailey destacou que não havia soprado o apito em nenhum momento. Após uma breve parada, ele deixou o jogo amador continuar, mas o papagaio seguiu imitando o barulho do apito, interrompendo o jogo outras vezes. Inicialmente, o juiz pensou que era a própria Irene Kerrigan quem estava fazendo o ruído. "Não sou eu, é o meu papagaio", afirmou a mulher para o árbitro. Sem alternativas, Bailey teve que expulsar o pássaro de campo porque ele estava arruinando o jogo.


fonte:G1
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar

Em meio à crise financeira, campanha traz porquinho com cara de mau.Slogan da campanha diz que 'poupar não é sempre uma coisa boa'.

Uma campanha publicitária na Finlândia mostra o popular porquinho de guardar moedas com dentes de vampiros e com gotas de sangue escorrendo.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:42  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar


Vendedores pegavam cães e faziam salsichas com a carne.Polícia marroquina prendeu 7 vendedores de cachorros-quentes.


Polícia marroquina prendeu sete vendedores de cachorros-quentes que faziam jus ao nome, com salsichas feitas de autêntica carne de cães, que era misturada com cebola, tomate e outros ingredientes antes de sua distribuição. Os sete membros capturavam os cachorros no aterro sanitário de Mediuna, perto de Casablanca, e após matá-los, faziam as salsichas com sua carne, informa nesta quinta-feira (22) o jornal "Al Bayane". O grupo se dedicava a essa atividade há mais de três anos, como admitiu o chefe do grupo, que reconheceu ter repartido a mercadoria entre cozinheiros de diversas regiões dessa localidade. Os presos serão levados na próxima terça-feira à Justiça, acrescenta o jornal. Não é o primeiro caso deste tipo no Marrocos, onde em 2006 um vendedor de salsichas e seus dois cúmplices foram presos por essa mesma prática. "Sendo vendidos entre três e seis dirhans (em torno de R$ 0,75 a R$ 1,50) os sanduíches não poderiam ter qualidade mais suspeita", adverte o jornal sobre os -literalmente- cachorros-quentes que recomendando às pessoas que "deixem de pedir salsichas".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:31  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

Empresa alega que houve falha de etiquetagem por parte do fornecedor. Passageiro fotografou recipientes e conta que passou mal após refeição.
Passageiros do voo JJ 8079, que partiu de Nova York rumo ao Rio na última sexta-feira (16), foram surpreendidos por embalagens de comida com a data de validade vencida. A empresa alega que as refeições não estavam fora do prazo e sim que houve uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor.
Um dos passageiros a bordo, que preferiu não se identificar, tem fotos das embalagens com data de validade vencida e conta que passou mal após comer uma massa no jantar.
“Eu estava na primeira fila, com minha mulher e minha filha. Não olhei a validade e todos nós comemos o jantar. Depois, percebi que havia um movimento de reclamação no avião e que todos os jantares de massa servidos estavam com a data de validade vencida há pelo menos três dias. Acabei tendo uma diarréia”, contou o passageiro, acrescentando que sua mulher e filha estão bem.
Passageiros ficaram com embalagens
Segundo ele, na manhã seguinte, o café da manhã foi servido com pão e fruta, sem o prato principal. “Além disso, algo na comida provocou irritação na minha língua, o que certamente vai ocasionar uma bela afta nos próximos dias”, reclamou o passageiro, que, assim como outros que estavam no voo, não quis devolver a tampa dos recipientes onde foram servidas as refeições.
Empresa diz em nota que comida estava própria para consumo
Em nota enviada ao G1, a TAM informou que interrompeu o jantar do voo JJ 8079, de Nova York para o Rio de Janeiro, no último dia 16, depois de constatar erros no prazo de validade em algumas etiquetas das embalagens. A companhia ressaltou que “as refeições não estavam fora do prazo, e sim próprias para o consumo”. “Foi verificada uma falha no processo de etiquetagem por parte do fornecedor – os recipientes em que as refeições são servidas não são descartáveis, o que levou, em alguns casos, à sobreposição de etiquetas com diferentes datas de validade dos alimentos nas embalagens”, diz a nota. “A companhia lamenta o ocorrido e informa que reforçou com seus fornecedores de serviço de bordo o procedimento obrigatório de completa retirada e substituição das etiquetas antigas no momento da higienização das embalagens”.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:24  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

RIO - Hipnose é a palavra certa para descrever o efeito provocado pelas Cataratas do Iguaçu. Impossível não ficar entorpecido por alguns minutinhos. A cada segundo, cerca de 1,5 milhão de litros jorram de suas mais de 200 quedas. As cataratas são hoje o segundo ponto turístico brasileiro mais visitado, depois do Rio. O espetáculo é ainda mais exuberante nos períodos de cheia, apesar da tonalidade barrenta da água, devido à grande quantidade de lama trazida pela correnteza.
No início de novembro, quando variou entre seis e oito milhões de litros por segundo, quase sete vezes a mais que a média de 1,2 milhão dos últimos anos, dava para ver do avião a nuvem de vapor. (Parque Nacional do Iguaçu é diversão garantida para todos os gostos)
Por medida de segurança, nessas condições, o acesso a algumas passarelas chega a ser interditado. Quando o volume de água sobe muito, os turistas são avisados com algumas horas de antecedência, para deixar as passarelas sem risco. A combinação de fortes e rápidas tempestades com sol brilhante enfeita o céu e as águas com belíssimos arco-íris. Em 2008, o Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam localizadas as cataratas, alcançou o recorde histórico de visitação em seus 70 anos de existência, comemorados no início de janeiro. Ao todo, 1,1 milhão de pessoas passaram pelo lugar, número 9,3% superior ao de 2007. O simpático e falante guia de turismo paraguaio Raul Espínola, que há mais de 30 anos trabalha na região, diz que a alta temporada de visitação é em janeiro e fevereiro.
No trajeto de oito quilômetros entre o recém-inaugurado Hotel Bristol Dobly Viale e o parque, Espínola conta que Foz tem aumentado a cada ano seu potencial turístico, depois que a Hidrelétrica de Itaipu começou a investir em passeios em suas instalações, e a lucrar com isso. Há cerca de dois anos, foi criado o circuito especial, com um tour pelo interior da usina, incluindo o seu vertedouro e a barragem.
Neste verão, os turistas poderão contar com a mais nova atração de Foz: o passeio de catamarã pelo Lago de Itaipu , que leva aproximadamente duas horas e meia. O barco de dois andares dispõe de um open bar, cozinha e ar-condicionado na parte inferior, algo fundamental para suportar o calor que faz na cidade.
Serviço:
Como chegar:

Avião: A TAM voa sem escalas do Rio para Foz do Iguaçu, com tarifas de ida e volta a partir de R$ 975 (taxas incluídas). Pela GOL, o vôo com escalas em Campinas e Curitiba fica a partir de R$ 893 (com taxas). Preços válidos para a primeira semana de fevereiro.
Passeios:
Cataratas do Iguaçu: Ingressos a R$ 13 (brasileiros) e R$ 20,50 (estrangeiros). Rodovia BR-469, km 18. Tel. (45) 3521-4400. Site: www.cataratasdoiguacu.com.br
Circuito Especial Itaipu: R$ 30 para adultos e R$ 15 para pessoas acima de 60 anos e estudantes. Reservas: reservas@complexoitaipu.tur.br. Tel. 0800 645-4645. Site: www.itaipu.gov.br
Catamarã no Lago de Itaipu: Passeio na hora do pôr-do-sol, com saída às 19h: R$ 40. Site: http://www.kattamaram.com/

APROVEITEM AS FÉRIAS!!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 14:12  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar

BRASÍLIA - A partir deste ano, estudantes do ensino fundamental e médio que por qualquer motivo se mudem para países do Mercosul, poderão dar continuidade aos estudos sem qualquer prejuízo de tempo. Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva este mês ratificou o Protocolo de Integração Educativa do Mercosul - Argentina, Chile e Paraguai também já corroboraram o protocolo.
Com isso, quando se mudam para países do bloco, os alunos do ensino fundamental e do médio têm garantido o direito de se matricular na mesma série que cursavam em seu país de origem.
Segundo a subchefe da Assessoria Internacional do Ministério da Educação, Auriana Diniz, o Brasil será beneficiado:
"É um ganho para o país. O protocolo favorece cada vez mais a integração do bloco. É um avanço no que diz respeito à mobilidade."
O Mercosul Educativo data de dezembro de 2002, mas só agora foi ratificado pelo Brasil. A diferença de anos entre os sistemas educacionais dos países do Mercosul dificultou a adesão ao protocolo. O Brasil era o único país com sistema educacional de oito anos.
De acordo com Auriana, uma adaptação realizada no ano passado contribuiu para a ratificação do protocolo, que, para ela, "é mais benéfico" para o Brasil do que para os outros países.
"Com o sistema educacional de nove anos é quase automática a ratificação desse protocolo"
Ela ressaltou, porém, que a equivalência é feita apenas para as séries e não para o conteúdo.
"As peculiaridades de cada sistema serão mantidas internamente. No Brasil, os sistemas educacionais dos estados são autônomos, têm uma parte comum e as suas peculiaridades e isso será preservado no bloco."
Em caso de mudança de país, além da documentação de praxe para a transferência de escolas, o aluno deve ter os carimbos do Ministério das Relações Exteriores para garantir sua matrícula na mesma série que está cursando no país de origem.


fonte:http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2009/01/21/estudantes-do-ensino-basico-podem-continuar-os-estudos-em-paises-do-mercosul-sem-prejuizo-de-tempo-754078223.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:58  comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (14) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (12) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (12) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (11) comentar


A imprensa acusada de "sensacionalista", "circense", "oportunista", "caçadora de audiência", nos casos de Isabella Nardoni, a menina atirada da janela do apartamento de seu pai; e de Eloá Pimentel, torturada e morta por seu ex-namorado, apresenta-se calada,; emudecida, diante das denúncias de abuso sexual e prática ilegal da medicina, feitas contra o médico Roger Abdelmassih.
Com exceção de alguns poucos jornalistas como Paulo Lopes (http://www.e-paulopes.blogspot.com/2009/01/caso-roger-abdelmassih.html) e Lilian Christofoletti,da Folha de São Paulo, que corajosamente publicou as primeiras matérias à respeito (http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u488123.shtml) não se ouve falar do assunto.
A rede Bandeirantes de Tv e a Gazeta também foram as únicas a falar à respeito.
Locais que antes se esbaldaram com as tragédias de Isabella Nardoni e Eloá, como o programa Hoje em Dia e Balanço Geral da Record, agora nem sequer citam o nome do famoso médico.
O Globo on-line, que atingiu mais de 1000 comentários por dia com notícias atualizadas sobre as meninas, não publicou mais do que duas matérias sobre Roger Abdelmassih.
Por que a imprensa , ávida por tragédias, deixa de realizar seu papel fundamental? Por que se cala, gravemente, diante do que pode ser um dos maiores escândalos na medicina?
Diante da posse de Obama e da esperança de transformação do mundo, seriam estas, tragédias pessoais,menores e por isso, "insignificantes"? mas, essa mesma imprensa tornou os casos já citados de Isabella e Eloá, familiares a ponto de nos envolvermos como em uma novela de grande audiência!Qual interesse a Record, a Globo e o SBT têm em varrer para debaixo do pano a sujeira levantada pelas denúncias feitas contra o famoso médico? Estariam, simplesmente protegendo o médico "preferido entre 10 estrelas". devido ao relacionamento dele com várias personalidades, como Tom Cavalcante, Roberto Carlos, Pelé, Hebe Camargo, Brito Júnior, Carlos Alberto da Nóbrega, entre outros tantos?
Seria somente o relacionamento pessoal e profissional destes televisivos, frequentadores das páginas de "Caras" o fator primordial, que quer nos manter ignorantes sobre o assunto? Ou será que há muitos interesses em jogo? Afinal, o poder possui tentáculos que envolvem misteriosamente várias esferas de nossa sociedade, até mesmo algo que deveria estar acima de interesses mesquinhos: A VIDA!


TEXTO:CARMEN MONARI
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29  ver comentários (8) comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

Roger Abdelmassih, 65, o mais conhecido especialista em reprodução humana assistida do país, está sendo investigado pelo CRM (Conselho Regional de Medicinal) por ilegalidades como inseminação com a escolha do sexo do bebê e troca de óvulos entre suas pacientes, inclusive com o desconhecimento delas.
A informação é do presidente do CRM-SP, Henrique Carlos Gonçalves. Ao portal UOL, ele falou que, embora existam recursos tecnológicos para essas práticas, elas são proibidas e ferem a ética médica.
Gonçalves falou que, por essas ilegalidades, existem “vários processos” contra o médico, mas nada adiantou sobre o andamento deles e quando foram abertos. Abdelmassih, em entrevistas dadas nos últimos anos, falava que suas pacientes poderiam escolher o sexo de seu bebê.
O portal ouviu uma mulher que tomou conhecimento de uma dessas entrevistas e se tornou paciente do médico. “Ele [o dr. Abdelmassih] disse que me daria um filho homem”, falou ela, que se manteve no anonimato. “Falou que seria um caso muito rápido.” Ela já tinha então três filhas.
Essa paciente tratou-se com o médico por dois anos, gastou cerca de R$ 120 mil e não conseguiu engravidar-se.
Dois anos após o tratamento, ela engravidou-se naturalmente – teve mais uma filha.
Veronica Calheiros,esposa de Renan Calheiros, veio durante muito tempo, toda semana à São Paulo, para fazer tratamento com o médico: “"Eu sempre quis ter uma filha e o Renan sempre quis me dar uma filha", diz. "Isso ficou até engraçado, né? Porque ele queria tanto que acabou tendo uma [filha] fora do casamento!", Teria ela escolhido também o sexo do bebê?
A previsão do promotor de justiça José Reinaldo Carneiro, do Ministério Público do Estado de São Paulo, é que o inquérito policial termine em fevereiro, quando o Ministério Público do Estado de São Paulo deverá denunciar (acusar) o médico à Justiça.
Antes disso, o CRM, que tem sido criticado por ex-pacientes de estar sendo conivente com os supostos crimes do médico por causa da demora da apuração de denúncias, deverá cassar a licença de médico de Abdelmassih.
Desde que as denuncias obtiveram repercussão com a notícia publicada pela Folha de que o médico está sob investigação da polícia e do MP, a clínica de Abdelmassih não tem sido procurada por novas pacientes.

*parte da notícia foi extraída do blog do jornalista Paulo Roberto Lopes http://e-paulopes.blogspot.com/2009/01/dr-roger-tambm-investigado-por-prtica.html

link do postPor anjoseguerreiros, às 11:28  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Um homem de 35 anos foi encontrado morto com centenas de picadas de abelhas em Itapetininga, a 158 km de São Paulo, na tarde desta quarta-feira. O corpo de Osmar Lopes de Oliveira foi achado por um pescador próximo a um açude, no Jardim Bela Vista, por volta das 16h30m desta quarta-feira.
De acordo com boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial da cidade, Osmar trajava calça jeans e uma camisa azul. A vítima estava desempregada, segundo a polícia.
Uma equipe de peritos analisou o local para saber de onde vieram as abelhas. O enterro de Osmar acontecerá na tarde desta quinta-feira.



fonte:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/22/homem-encontrado-morto-com-centenas-de-picadas-de-abelhas-em-itapetininga-754088539.asp

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:58  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - Após interdição em um dos lotes do talco infantil, a Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria Estadual de Saúde, determinou a interdição e o recolhimento de 10.044 unidades do lote de número 8057, com data de vencimento em fevereiro de 2010, do condicionador infantil da 'Turma da Mônica'. O motivo do recolhimento é a alta acidez do produto.
A fórmula do condicionador está registrada com valores de referência de pH entre 5,5 e 6,5. As análises, no entanto, mostraram para esse lote um pH médio de 5,25.
Em nota, a Kimberly-Clark Brasil, responsável pela distribuição do talco e do condicionador, garante que os produtos não fazem mal à saúde e irá fazer a substituição dos lotes interditados nas prateleiras. Diz ainda a nota que 'a diferença apurada nos lotes em questão é mínima e não torna o produto inadequado ao consumo' e que a Kimberly-Clark, licenciada da marca, e a Lipson, fabricante dos produtos, 'estão retirando estes lotes junto a seus clientes por medida preventiva e estão empenhadas em regularizar a situação'.
A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira. O fabricante do condicionador, Lipson Cosméticos Ltda., de Diadema, no ABC paulista, fica responsável pelo recolhimento dos produtos de prateleiras de farmácias e supermercados. Na última sexta-feira, a mesma empresa teve outro produto interditado; o lote 7226 do talco cremoso da Turma da Mônica , que também apresentou problemas nos resultados de pH.
A Vigilância Sanitária Municipal de Diadema será notificada e deverá fazer uma inspeção no fabricante do produto. Caso haja nova irregularidade, a empresa poderá ter todos os lotes do condicionador interditados.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:50  comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

SÃO PAULO - A Renascer em Cristo está pedindo doações aos seus fiéis para a reconstrução do templo do Cambuci, sede mundial da igreja, cujo teto desabou no último domingo provocando a morte de nove pessoas e deixando mais de cem feridas. No site da igreja (www.igospel.com.br), abaixo do comunicado oficial em que se diz consternada com o acidente, a igreja publicou o número de uma conta do banco Bradesco em que pede doações para a reconstrução do templo destruído. A Renascer também colocou dois telefones à disposição dos interessados. As atendentes orientam as pessoas que ligam a depositarem a quantia desejada no número da conta corrente publicada.
No comunicado oficial, a igreja Renascer informa que 'toda e qualquer informação que diga respeito a causas ou eventuais problemas no prédio, até o momento, são mera especulação'. A igreja informa que está aguardando o término do trabalho do Corpo de Bombeiros, polícia técnica e demais autoridades, garantindo que a documentação entregue à prefeitura sobre o imóvel está 'perfeitamente em dia e de acordo'. A igreja informa criou uma central de plantão com informações de atendimento e encaminhamento das vítimas. O telefone da central é o mesmo colocado no anúncio que pede as doações para a reconstrução do templo.
Em uma nota publicada também em seu site, em que trata da demolição do prédio onde houve o desabamento, a Renascer pede para que sejam 'evitadas informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente', diz o texto publicado pela igreja.

????????????????????????????????????????????????????????????????????

link do postPor anjoseguerreiros, às 09:45  ver comentários (6) comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

BRASÍLIA - Os participantes do Fórum Social Mundial contarão com um esquema especial de atendimento à saúde organizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa). Uma das ações previstas pelo órgão é a distribuição de 600 mil preservativos masculinos no Acampamento da Juventude, que ficará dentro do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e deve abrigar 20 mil participantes de diferentes países.
Leitos especiais para portadores do vírus da Aids também foram reservados em hospitais da cidade. Durante o Fórum, equipes médicas, ambulâncias e hospitais de campanha estarão disponíveis nos campi das duas universidades que sediarão o evento para atender ocorrências menos graves. Serão quatro postos na Universidade Federal do Pará (UFPA) e cinco na UFRA. Cada posto conta com uma ambulância para o caso de remoções para hospitais da cidade.
A organização do Fórum recomenda ainda o uso de repelentes para evitar picadas pelo mosquito da dengue, já que Belém é uma área endêmica da doença. A vacina contra a febre amarela é outra forte indicação aos participantes do evento. Aos estrangeiros é exigida a vacina antes de entrar no Brasil.
Para suprir possíveis demandas, o Hemocentro do Pará (Hemopa) está promovendo uma campanha para doação de sangue. Segundo a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias, a ação quer garantir maior tranqüilidade durante o evento.
- Queremos chamar atenção para a importância da doação de sangue e para que o estado do Pará assuma a sua característica de um povo bastante hospitaleiro, assim estaremos com o estoque preparado para atender possíveis demandas. A cidade estará com um número de pessoas bem além do normal e é natural que a gente possa ter uma demanda maior dos hospitais - afirmou.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:22  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO