notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
8.1.09
Pronúncia ocorreu após a audiência realizada nesta quinta.Defesa do acusado já recorreu da decisão do júri popular.
O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri e Execuções Criminais de Santo André, decidiu na tarde desta quinta-feira (8) que Lindemberg Alves, de 22 anos, irá a júri popular pela morte da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos. A decisão foi anunciada após a audiência realizada nesta quinta no Fórum de Santo André, no ABC.
A defesa de Lindemberg recorreu da decisão do júri popular durante a própria audiência, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo. A Justiça ouviu cinco de acusação, seis testemunhas de defesa e mais três policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), que foram até o fórum a pedido do juiz.
Lindemberg preferiu não falar à Justiça durante o interrogatório. O juiz leu ao acusado – que ouviu com a cabeça baixa - um resumo do caso, desde o início do sequestro dos adolescentes até o disparo que matou Eloá em outubro do ano passado. Depois, perguntou o que ele gostaria de falar sobre as acusações. O jovem respondeu, segundo a assessoria do TJ, que preferia se "manter calado nessa oportunidade”.
Testemunhas
A estudante Nayara Silva, de 15 anos, foi a primeira a ser ouvida. Durante o depoimento de quase duas horas, ela respondeu todas as perguntas feitas pelo juiz. Ela manteve o discurso que deu à polícia sobre o motivo do seqüestro. “Ele entrou [no apartamento] para matar a Eloá. Não admitia que ela não o aceitasse de volta”, teria dito a menina, segundo o Tribunal de Justiça.
MAIS UM LÁ EM TREMEMBÉ ESPERANDO O GRANDE DIA!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:14  comentar

Pronúncia ocorreu após a audiência realizada nesta quinta.Defesa do acusado já recorreu da decisão do júri popular.
O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri e Execuções Criminais de Santo André, decidiu na tarde desta quinta-feira (8) que Lindemberg Alves, de 22 anos, irá a júri popular pela morte da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos. A decisão foi anunciada após a audiência realizada nesta quinta no Fórum de Santo André, no ABC.
A defesa de Lindemberg recorreu da decisão do júri popular durante a própria audiência, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo. A Justiça ouviu cinco de acusação, seis testemunhas de defesa e mais três policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), que foram até o fórum a pedido do juiz.
Lindemberg preferiu não falar à Justiça durante o interrogatório. O juiz leu ao acusado – que ouviu com a cabeça baixa - um resumo do caso, desde o início do sequestro dos adolescentes até o disparo que matou Eloá em outubro do ano passado. Depois, perguntou o que ele gostaria de falar sobre as acusações. O jovem respondeu, segundo a assessoria do TJ, que preferia se "manter calado nessa oportunidade”.
Testemunhas
A estudante Nayara Silva, de 15 anos, foi a primeira a ser ouvida. Durante o depoimento de quase duas horas, ela respondeu todas as perguntas feitas pelo juiz. Ela manteve o discurso que deu à polícia sobre o motivo do seqüestro. “Ele entrou [no apartamento] para matar a Eloá. Não admitia que ela não o aceitasse de volta”, teria dito a menina, segundo o Tribunal de Justiça.
MAIS UM LÁ EM TREMEMBÉ ESPERANDO O GRANDE DIA!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:14  comentar

Pronúncia ocorreu após a audiência realizada nesta quinta.Defesa do acusado já recorreu da decisão do júri popular.
O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri e Execuções Criminais de Santo André, decidiu na tarde desta quinta-feira (8) que Lindemberg Alves, de 22 anos, irá a júri popular pela morte da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos. A decisão foi anunciada após a audiência realizada nesta quinta no Fórum de Santo André, no ABC.
A defesa de Lindemberg recorreu da decisão do júri popular durante a própria audiência, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo. A Justiça ouviu cinco de acusação, seis testemunhas de defesa e mais três policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), que foram até o fórum a pedido do juiz.
Lindemberg preferiu não falar à Justiça durante o interrogatório. O juiz leu ao acusado – que ouviu com a cabeça baixa - um resumo do caso, desde o início do sequestro dos adolescentes até o disparo que matou Eloá em outubro do ano passado. Depois, perguntou o que ele gostaria de falar sobre as acusações. O jovem respondeu, segundo a assessoria do TJ, que preferia se "manter calado nessa oportunidade”.
Testemunhas
A estudante Nayara Silva, de 15 anos, foi a primeira a ser ouvida. Durante o depoimento de quase duas horas, ela respondeu todas as perguntas feitas pelo juiz. Ela manteve o discurso que deu à polícia sobre o motivo do seqüestro. “Ele entrou [no apartamento] para matar a Eloá. Não admitia que ela não o aceitasse de volta”, teria dito a menina, segundo o Tribunal de Justiça.
MAIS UM LÁ EM TREMEMBÉ ESPERANDO O GRANDE DIA!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:14  comentar

Pronúncia ocorreu após a audiência realizada nesta quinta.Defesa do acusado já recorreu da decisão do júri popular.
O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri e Execuções Criminais de Santo André, decidiu na tarde desta quinta-feira (8) que Lindemberg Alves, de 22 anos, irá a júri popular pela morte da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos. A decisão foi anunciada após a audiência realizada nesta quinta no Fórum de Santo André, no ABC.
A defesa de Lindemberg recorreu da decisão do júri popular durante a própria audiência, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo. A Justiça ouviu cinco de acusação, seis testemunhas de defesa e mais três policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), que foram até o fórum a pedido do juiz.
Lindemberg preferiu não falar à Justiça durante o interrogatório. O juiz leu ao acusado – que ouviu com a cabeça baixa - um resumo do caso, desde o início do sequestro dos adolescentes até o disparo que matou Eloá em outubro do ano passado. Depois, perguntou o que ele gostaria de falar sobre as acusações. O jovem respondeu, segundo a assessoria do TJ, que preferia se "manter calado nessa oportunidade”.
Testemunhas
A estudante Nayara Silva, de 15 anos, foi a primeira a ser ouvida. Durante o depoimento de quase duas horas, ela respondeu todas as perguntas feitas pelo juiz. Ela manteve o discurso que deu à polícia sobre o motivo do seqüestro. “Ele entrou [no apartamento] para matar a Eloá. Não admitia que ela não o aceitasse de volta”, teria dito a menina, segundo o Tribunal de Justiça.
MAIS UM LÁ EM TREMEMBÉ ESPERANDO O GRANDE DIA!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:14  comentar

Pronúncia ocorreu após a audiência realizada nesta quinta.Defesa do acusado já recorreu da decisão do júri popular.
O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri e Execuções Criminais de Santo André, decidiu na tarde desta quinta-feira (8) que Lindemberg Alves, de 22 anos, irá a júri popular pela morte da ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos. A decisão foi anunciada após a audiência realizada nesta quinta no Fórum de Santo André, no ABC.
A defesa de Lindemberg recorreu da decisão do júri popular durante a própria audiência, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo. A Justiça ouviu cinco de acusação, seis testemunhas de defesa e mais três policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), que foram até o fórum a pedido do juiz.
Lindemberg preferiu não falar à Justiça durante o interrogatório. O juiz leu ao acusado – que ouviu com a cabeça baixa - um resumo do caso, desde o início do sequestro dos adolescentes até o disparo que matou Eloá em outubro do ano passado. Depois, perguntou o que ele gostaria de falar sobre as acusações. O jovem respondeu, segundo a assessoria do TJ, que preferia se "manter calado nessa oportunidade”.
Testemunhas
A estudante Nayara Silva, de 15 anos, foi a primeira a ser ouvida. Durante o depoimento de quase duas horas, ela respondeu todas as perguntas feitas pelo juiz. Ela manteve o discurso que deu à polícia sobre o motivo do seqüestro. “Ele entrou [no apartamento] para matar a Eloá. Não admitia que ela não o aceitasse de volta”, teria dito a menina, segundo o Tribunal de Justiça.
MAIS UM LÁ EM TREMEMBÉ ESPERANDO O GRANDE DIA!
fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:14  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

A polícia do Estado americano da Virgínia indiciou por negligência os pais de um menino de 6 anos que pegou o carro da família depois de ter perdido a perua escolar.
O menino, cujo nome não foi revelado, chegou a dirigir o Ford Taurus por 10 km em avenidas movimentadas, realizando ultrapassagens, até perder o controle, sair da pista e bater em um poste.
O garoto disse aos policiais que aprendeu a conduzir jogando videogames.
Segundo o delegado do Condado de Northumberland, Chuck Wilkins, o menino estava tão determinado em chegar no horário que, mesmo após bater, ele tentou seguir a pé até a escola.
Ferimentos
A polícia informou que ele não estava usando cinto de segurança e foi levado a um hospital para receber tratamento para ferimentos leves.
Em seguida, os policiais o levaram para a escola.
O indicente ocorreu na manhã da segunda-feira, quando a mãe da criança ainda dormia.
Ambos os pais foram indiciados por colocar a vida do menino em risco. Ele e o irmão de 4 anos estão agora sob custódia do serviço social.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:00  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

Cientistas da Alemanha e da Grã-Bretanha descobriram que uma espécie de peixe que vive no fundo do Oceano Pacífico é o único animal vertebrado que desenvolveu espelhos para enxergar.
O peixe, Dolichopteryx longipes, já era conhecido há 120 anos, mas nunca havia sido capturado vivo.
No ano passado, cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha, conseguiram pegar uma espécime viva nos litorais do arquípélago de Tonga.
Testes confirmaram que o animal utiliza os espelhos para captar e concentrar luz em seus olhos, segundo artigo publicado pelos pesquisadores na revista espeicalizada Current Biology.
Luminosidade
"Em quase 500 milhões de anos de evolução dos vertebrados, esta é a primeira vez, pelo que se sabe, que um animal resolveu com espelhos o principal desafio óptico que todos os olhos enfrentam - o de formar uma imagem", disse Julian Partridge, da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, que realizou os testes com o peixe.
O animal parece ter quatro olhos, mas tecnicamente, possui apenas dois - cada um se divide em duas partes conectadas.
Uma das partes dos olhos aponta para cima, ajudando o peixe a capturar os fracos feixes de luz que vêm da superfície do mar, cerca de mil metros acima.
A outra parte parecem "calombos" nas laterais da cabeça, e apontam para baixo.
"Como a mil metros de profundidade há muito pouca luz, esse peixe se adaptou para conseguir captar o máximo possível dessa luminosidade", explicou Partridge.
"O que ele faz é procurar flashes da luz bioluminescente de outros animais. Assim ele sabe da presença desses animais, principalmente abaixo da sua barriga vulnerável."
Os espelhos são formados de lâminas minúsculas, provavelmente compostas de cristais de guanina e dispostas em camadas.
"O uso de espelhos deve oferecer a este peixe uma vantagem enorme nas profundezas do mar, onde a capacidade de perceber o mínimo de luz pode fazer a diferença entre comer e ser comido", disse o cientista.


fonte:BBCBRASIL
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:20  comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  ver comentários (2) comentar

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Um homem foi mordido por um tigre em um zoológico da capital mexicana na quarta-feira, depois de entrar na jaula do animal, informaram autoridades.
O homem de 27 anos foi resgatado e levado pela Cruz Vermelha a um hospital. Segundo um comunicado da Proteção Civil, ele foi mordido no braço.
O comunicado não especificou o motivo pelo qual o homem entrou na jaula dos tigres no zoológico de Chapultepec, um dos três existentes na Cidade do México.
Os funcionários do zoológico não estavam disponíveis para dar mais informações sobre o ocorrido.

QUE SERÁ QUE ELE FOI FAZER NA JAULA?


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:14  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

Uma grande escultura de Cristo na cruz foi retirada do lado de fora de uma igreja na Grã-Bretanha porque o crucifixo, segundo o vigário, "assustava as crianças".
A escultura pertence à igreja de St. John, em Broadbridge Heath, no condado de West Sussex, e deverá ser entregue ao museu Horsham para ser substituída por uma nova cruz de aço inoxidável.
O vigário, o pastor Ewen Souter, afirmou que o crucifixo de mais de três metros de altura era uma "descrição horrenda da dor e do sofrimento que estava 'afastando as pessoas'".
Uma pesquisa feita pela igreja junto aos fiéis revelou que ninguém gostava do crucifixo.
Crianças
"Crianças comentaram como (o crucifixo) era assustador e como aquele símbolo do lado de fora da igreja afastava as pessoas", afirmou o pastor Ewen Souter.
"Como um importante símbolo exterior para nós, estava afastando as pessoas ao invés de dar um sentimento de esperança e vida e do poder da ressurreição", acrescentou.
O pastor afirmou que a igreja queria retratar "um retrato bíblico exato da crucificação como um momento de esperança para o mundo, e não de desespero".
A escultura foi criada na década de 60 pelo ex-presidente da Sociedade Real dos Escultores Britânicos, Edward Bainbridge Copnall, feita de resina e pó de carvão.
A escultura foi retirada da igreja pouco antes do Natal e será colocada em uma grande parede dentro do museu Horsham.
Jeremy Knight, curador do museu, afirmou que a imagem do crucifixo mostra um Cristo sofrendo de dor.
"Hoje esta não é uma imagem que muitas igrejas querem seguir. Eles preferem ver uma cruz vazia, na qual o Cristo já subiu aos céus", afirmou.


FONTE:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:06  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

PEQUIM - Um panda com histórico de comportamento agressivo atacou um homem que invadiu seu cercado em um zoológico de Pequim para pegar um brinquedo, disse a mídia local na quinta-feira. O panda de nove anos de idade, chamado Gugu, mordeu as pernas do homem, mas se afastou quando um funcionário do zoológico agitou uma vassoura, segundo o jornal Beijing Daily.
O homem, que pulou no cercado para recuperar um brinquedo que uma criança deixou cair, foi levado ao hospital e recebeu uma injeção contra raiva. No entanto, segundo a reportagem, seus ferimentos foram leves.
Esta não é a primeira vez que Gugu ataca alguém. Em duas outras vezes, ele atacou pessoas que subiram em sua jaula - uma delas estava bêbada e a outra era somente uma curiosa, publicou o jornal.


fonte:http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/01/08/panda-agressivo-ataca-homem-que-invadiu-jaula-em-pequim-587947305.asp
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:01  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

O governo de Hong Kong não sabe explicar onde está o corpo de um bebê que morreu com poucas horas de vida no dia 15 de dezembro, e começou uma extensa investigação depois de ouvir críticas da opinião pública.
Nesta quinta-feira, a polícia iniciou buscas no lixão de Tseung Kwan, informou o jornal local South China Morning Post.
O ministro da Saúde, York Chow, pediu desculpas pelo erro e disse que é "difícil de acreditar" que isso tenha acontecido.
Ele ordenou que o hospital tome providências quanto aos "funcionários incompetentes" associados com o caso.
York Chow criticou o fato de o hospital levar três dias para reportar o sumiço às autoridades superiores e ter permitido inicialmente que o responsável pelo necrotério continuasse a trabalhar sem receber nenhuma reprimenda por escrito.
Prematuro
De acordo com relatos oficiais, o bebê do sexo masculino nasceu prematuro, às 35 semanas de gestação, no hospital Pamela Youde Nethersole Eastern, e não sobreviveu mais dos que algumas horas.
Após o falecimento, o corpo do bebê foi levado ao necrotério do hospital, mas porque as câmaras frigoríficas estavam lotadas, ele foi colocado no mesmo compartimento onde estava o corpo de um homem adulto obeso.
A última vez que o bebê foi visto foi no dia 19, quando o corpo do adulto foi encaminhado para um crematório.
A ausência da criança foi notada no dia 2 de janeiro, durante a contagem de corpos, mas só foi reportada às autoridades supervisoras no dia 5.
Funcionários do crematório disseram não ter visto nenhum corpo de bebê ou saco plástico mortuário junto aos do adulto que foi incinerado no dia 19.
Repercussão
A opinião pública está chocada com o incidente e a imprensa local tem dado grande repercussão ao caso.
Uma ex-enfermeira do hospital afirmou em um programa de rádio que é comum na instituição embalar os corpos de recém-nascidos em sacos plásticos quando não há sacos mortuários em estoque.
"Eles colocam (os corpos) dentro de um saco plástico preto e tratam como se fosse lixo. Não acredito que os mortos eram tratados com respeito", disse.
Os pais do bebê estão traumatizados e disseram que sofrem duplamente pela perda do filho deles. Eles são cristãos devotos e junto com amigos estão rezando para que o corpo seja encontrado.
O legislador democrata Andrew Cheng Kar-foo pediu que o governo considere criar um serviço de ombudsman para o sistema de saúde de Hong Kong, e inúmeros editoriais criticaram a incompetência das autoridades.


fonte:BBCBRASIL
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:53  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RAIPUR, Índia (Reuters) - Um professor indiano cegou uma aluna, ao enfiar um alfinete em um de seus olhos, e será acusado de tentativa de homicídio, informaram autoridades na quinta-feira.
A polícia do Estado de Chhattisgarh, no centro do país, disse que o professor furou o olho direito da aluna de 6 anos de idade, depois que ela não conseguiu responder a uma pergunta durante a aula.
"É um ato brutal e desumano", disse T.R. Koshima, policial do Estado, na quinta-feira.
Exames médicos revelaram que a menina ficou cega do olho direito, acrescentou o policial.
O professor estava foragido desde que o incidente aconteceu, em novembro, mas, segundo Koshima, a polícia só recebeu uma queixa na quarta-feira.
"Vamos tomar uma atitude forte", disse.
O governo disse que vai assumir todas as despesas médicas e pediu à polícia que continue procurando o professor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:39  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

RIO - A LG apresentou oficialmente nesta quarta-feira o primeiro celular de pulso que faz videochamadas. O LG-GD910 é um celular GSM quadband com uma câmera integrada que permite video chamadas através de uma conexão 3G. O aparelho tem menos de 2,5 cm de largura e pesa 84 gramas. A tela tem 3,5 cm e é sensível ao toque. A bateria oferece duas horas de conversação por carga.
O dispositivo traz ainda flash, Bluetooth, MP3 player, discagem por voz e mensagens de texto. O LG-GD910, apresentado ao público na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas por Woo Paik, presidente da Chief Technology Officer (CTO) da LG Electronics, deve ser lançado na Europa ainda este ano.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:30  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

SÃO PAULO - O juiz da Infância e Juventude de Fernandópolis, a 553 quilômetros da capital, Evandro Pelarin decretou a apreensão e internação imediata dos dois menores acusados de espancar Rafael da Costa Barreto, de 16 anos, até a morte. Rafael foi morto depois de uma discussão por causa de uma pipa. Ele chegou a ser internado na UTI da Santa Casa de Fernandópolis com traumatismo craniano, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi enterrada nesta quarta-feira.
Um dos agressores prestou depoimento nesta quarta-feira. O outro foi ouvido nesta quinta no 1º Distrito Policial da cidade pelo delegado Luiz Antônio Antunes. Os dois serão levados para a cadeia de Indiaporã e depois encaminhados para uma das unidades da Fundação Casa na região.

PENA QUE NÃO FIQUEM POR BASTANTE TEMPO!


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:17  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

BELO HORIZONTE - Passadas 24 horas do sequestro, a polícia conseguiu encontrar a recém-nascida de 16 dias levada na quarta-feira por uma mulher em Ipatinga (MG), no Vale do Rio Doce. Depois de uma denúncia anônima, a sequestradora Débora Ferreira da Silva, de 21 anos, foi presa em um barracão no bairro Veneza, na região onde aconteceu o roubo. A polícia suspeita que ela estaria negociando a venda do bebê, o que vai ser investigado.
A investigação aponta que o crime foi planejado. De acordo com familiares da criança, no dia 29 de dezembro, quando foi feito o teste do pezinho em um posto de saúde, Débora se apresentou à mãe do bebê como funcionária e agendou uma visita domiciliar.
Na quarta-feira, a jovem foi até à casa da família por volta das 8h30m se passando por agente de saúde e ofereceu um programa do governo federal. Depois de algumas horas de conversa, anunciou o assalto e prendeu a mãe da criança, a avó e uma sobrinha no quarto. Depois disso, fugiu com o bebê.
A família disse à polícia que a sequestradora insinuou estar armada e ainda pegou uma faca na cozinha para intimidar os reféns.
Depoimentos dão conta que a mulher, levando a recém-nascida, teria pedido um táxi em um sacolão para fugir. Débora foi levada para a delegacia de Ipatinga e pode responder por roubo e sequestro. O bebê foi devolvido à mãe.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:08  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - Uma criança de 11 anos foi mordida por um cão da raça pitbull na tarde desta quarta-feira no Jardim Imperial, em Atibaia, a 59 km de São Paulo. O cachorro foi recolhido pelos Bombeiros e deve ser encaminhado ao Centro de Zoonoses. A criança foi levada ao hospital para que fosse feito um implante do couro cabeludo.
O estado de saúde da criança é considerado estável e ela deve permanecer em observação durante toda esta quinta-feira. O dono do animal está foragido.

CÃO MAL CUIDADO E O CULPADO POR TUDO ESTÁ FORAGIDO...

ELE SIM MERECE IR PRA CADEIA!


FONTE:http://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/01/08/pitbull-ataca-crianca-de-11-anos-em-atibaia-587947438.asp

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:01  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

SÃO PAULO - O juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri de Execuções Criminais de Santo André, no ABC paulista, já começou a ouvir as testemunhas de defesa e acusação no processo que apura as circunstâncias da morte da adolescente Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, em outubro do ano passado. A principal testemunha de acusação é a jovem Nayara Rodrigues, de 15 anos, que também ficou no apartamento de Eloá sob a mira do revólver de Lindemberg Alves, de 22 anos, no conjunto habitacional Jardim Santo André, no ABC paulista. Ela foi atingida por um tiro no rosto. Nayara foi a primeira a depor e não quis que o acusado da morte da amiga ficasse na sala.
O depoimento de Nayara terminou por volta das 11h. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, ela falou pouco menos de duas horas. Ao juiz, a adolescente contou sobre a relação dela com Eloá e o namoro da amiga com Lindemberg, além do comportamento do rapaz durante as mais de 100 horas do cárcere privado.
" Para promotoria, não há dúvida de que Lindemberg teve a intenção de matar Eloá e Nayara "
Nayara deu alguns detalhes do que ocorreu no cativeiro. Ela contou que durante o período em que esteve no cárcere houve três disparos, um acidental e dois contra a multidão. Também disse que nos momentos finais, Lindemberg decidiu arrastar a mesa para a frente da porta do apartamento. Logo após, Nayara ouviu um estampido e a porta veio abaixo. Ela contou ao juiz que cobriu o rosto e não viu, mas apenas ouviu, dois disparos e logo depois sentiu o rosto dela estanho. Neste momento, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) haviam invadido o cárcere, já que disseram ter ouvido um disparo. Nayara negou durante seu primeiro depoimento à polícia ter havido um tiro no momento anterior à invasão.
Juiz deve decidir se Lindemberg vai a júri popular
Depois de ouvir as testemunhas, a promotoria e a defesa, o juiz deve fazer a pronúncia, quando decidirá se Lindemberg será levado a júri popular. A defesa tem cinco dias para recorrer. Segundo o promotor do caso, Antonio Nobre Folgado, o julgamento pode ser marcado entre dois e três meses. O acusado também será ouvido ao final dos depoimentos.
O promotor Antonio Nobre Folgado disse que não há dúvida de que Lindemberg tinha a intenção de matar. Segundo ele, os laudos feitos pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal mostram que o acusado de abrigou durante a invasão policial e atirou nas duas adolescentes. A Justiça já recebeu a reconstituição do crime com os laudos.
O promotor disse que o depoimento do irmão de Eloá, Douglas, que participou da negociação momentos antes da invasão também mostrará que Lindemberg já tinha premeditado a morte de Eloá.
Advogada ainda não sabe se Lindemberg vai falar
Lindemberg chegou ao Fórum de Santo André escoltado pela polícia vindo da penitenciária de Tremembé, onde está detido desde o dia 20 de outubro. Ele está numa cela do Fórum.
A advogada de defesa de Lindemberg, Ana Lúcia Assad, não revelou quais argumentos vai usar nadefesa de seu cliente e nem se ele vai falar ao juiz. A indicação é que o assassinato seja tratado como crime passional.
- Temos algumas teses de defesa, mas não vou revelar qual será aplicada. Somente durante os depoimentos é que vamos decidir se ele vai falar - disse a advogada.
Também já foram ouvidos os dois adolescentes que foram rendidos quando faziam um trabalho escolar no apartamento de Eloá. Um deles, Iago, contou que Lindember teria dito que o 'terror vai começar', quando a polícia chegou ao local. Um policial militar que Lindemberg tentou acertar com um tiro também prestou depoimento. Ele disse que foi chamado pelo sequestrador para negociar, mas Lindemberg atirou em sua direção.
No fim de outubro, o Ministério Público denunciou Lindemberg por homicídio duplamente qualificado; duas tentativas de homicídio (contra Nayara e um policial Militar), cárcere privado e disparo de arma de fogo. Na mesma denúncia, Everaldo Pereira dos Santos, pai de Eloá, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e porte ilegal de arma. Everaldo, que é ex-cabo da PM de Alagoas, é acusado de integrar um esquadrão da morte. Ele permanece foragido. Nesta manhã, o advogado Ademar Gomes, que defende o pai de Eloá, esteve no fórum e pediu ao juiz Carvalho Neto a cisão do processo.

SERÁ QUE ELE AINDA ESTÁ EM DÚVIDA?

link do postPor anjoseguerreiros, às 14:52  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  ver comentários (1) comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

RIO - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta quarta-feira um pacote de medidas para beneficiar os portadores de deficiências. Uma das ações prevê intervenções urbanísticas no Centro para tornar a região mais acessível. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria municipal de Obras para ser apresentado à equipe da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do mês. Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Márcio Pacheco, uma missão de técnicos municipais irá a Brasília buscar recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para as obras, que devem ser iniciadas ainda este ano. O projeto ainda não está orçado.
- Existe uma rubrica social para o PAC que permite a inclusão de projetos de acessibilidade. Queremos estabelecer um marco zero da acessibilidade, que sirva de modelo para o resto da cidade - disse Pacheco durante a visita de Paes ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (Ciad) Mestre Candeia, no Centro.
Numa área delimitada por Sambódromo, Vila Olímpica da Gamboa, Campo de Santanna e Avenida Marechal Floriano, incluindo todo o centro financeiro do bairro, o passeio público ganharia mais rampas e piso tátil. O projeto prevê ainda a desobstrução das calçadas, com a retirada dos fradinhos e a instalação de banheiros e telefones públicos adaptados.
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:02  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

SÃO PAULO - A inflação ao consumidor abriu o ano de 2009 em ritmo mais acelerado do que o verificado no encerramento do ano passado, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52% no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).
A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação, que teve seus preços reajustados em 0,84% no início de janeiro, ante alta de 0,37% no fechamento de dezembro do ano passado. O aumento reflete o início do período de reajuste das mensalidades escolares.
Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04%, ante ganho de 0,60% na última semana de dezembro.

EDUCAÇÃO FAZER A INFLAÇÃO AUMENTAR????
ESSA É DEMAIS!!!!

FONTE:http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/01/08/inflacao-pelo-ipc-acelera-na-abertura-do-ano-sobe-0-68-587947257.asp
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

JERUSALÉM - Israel foi atacado pela primeira vez a partir de outro país desde o início da ofensiva contra o grupo radical islâmico Hamas, na Faixa de Gaza, lançada há 13 dias. Pelo menos três foguetes Katyusha disparados do sul do Líbano, na manhã desta quinta-feira, atingiram o norte do país vizinho, onde os lançamentos do Hamas não chegam. Os ataques causaram ferimentos leves em duas pessoas. Israel revidou com cinco mísseis. Estes foram os primeiros ataques entre os dois países desde a guerra israelense contra o Hezbollah, em 2006, aumentando o temor de que o conflito em Israel se amplie no mundo árabe. Desde a noite de quarta-feira, forças israelenses realizaram mais de 60 ataques a Gaza. O total de mortos ultrapassa 700.
Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do lançamento contra o norte de Israel. O Hamas negou envolvimento com o ataque. Há dias, o Hezbollah disse não estar planejando ataques, mas afirmou que estava pronto para uma nova guerra com Israel caso o país abra uma frente paralela ao confronto em Gaza. Um ministro do gabinete israelense culpou os palestinos que vivem no Líbano pelo ataque, e não o Hezbollah. O governo libanês condenou os lançamentos de foguetes contra Israel e ordenou a abertura de uma investigação sobre o caso, mas já adiantou que não acredita que o Hezbollah seja o responsável.
Três horas depois de os três projéteis atingirem o território israelense, sirenes de alerta voltaram a ser ouvidas na região, mas o Exército do Líbano negou que novos ataques tenham ocorrido. Segundo autoridades, as sirenes podem ter sido disparadas pelo barulho de jatos que sobrevoavam a área.
Um dos foguetes lançados do sul do Líbano caiu na cidade israelense de Naharia. Os outros dois caíram nos arredores da cidade. A polícia israelense declarou estado de emergência em Naharia até que se esclareça a situação. A Organização das Nações Unidas, que mantém uma força de paz na região, descartou a necessidade de reforços, mas condenou os ataques e pediu moderação aos dois lados.
- Estava preparando as crianças para ir ao colégio, por volta das 7h30, quando ouvimos uma forte explosão e vimos uma grande coluna de fumaça - disse um morador de Naharia a um meio de comunicação local. As autoridades locais suspenderam, esta manhã, as aulas e ordenaram que a população se dirija aos refúgios antiaéreos. Forças israelenses matam palestino durante confronto na Cisjordânia
Israel já estava em estado de alerta em sua fronteira norte por temer que o braço armado do Hezbollah realizasse algum ataque em represália à ofensiva israelense em Gaza. Testemunhas relataram, nos últimos dias, que aviões de combate patrulhavam a região de forma contínua.
O ataque no norte de Israel deve intensificar ainda mais os esforços diplomáticos por uma cessar-fogo entre Israel e o Hamas. Na noite de quarta-feira, Israel retomou seus ataques contra o sul da Faixa de Gaza depois de ter interrompido o bombardeio durante três horas para a entrada de ajuda humanitária no território palestino. O governo israelense prometiu repetir a trégua parcial diariamente.
Pelo menos cinco pessoas morreram nos ataques israelenses na madrugada desta quinta-feira. Uma mesquita foi destruída pelas forças de Israel, segundo as quais o templo seria usado para "armazenar armas e como ponto de encontro de terroristas". Também foram atacados 15 túneis na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito.
Na Cisjordânia, território palestino governado pelo partido secular Fatah, que se opõe ao Hamas, forças israelenses de segurança mataram um homem a tiros, nesta quinta-feira, durante um confronto. Segundo a Rádio Israel, a polícia matou o palestino depois que ele ateou fogo em um posto de gasolina em um assentamento judeu, próximo a Jerusalém.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:54  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO