notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
13.3.09
BELÉM - Cinco pessoas da mesma família, três adultos e duas crianças, foram encontradas mortas na colônia Copaíba, em Garrafão do Norte, nordeste do estado, uma área de reserva indígena. Para a polícia, o crime foi de execução. As vítimas são Isabete D. da M., 36 anos; Ribamar D. da M., de 42 anos, irmão de Isabete; as duas filhas dela, uma de 9 e outra de 13 anos, e o marido da vítima, Milton G. de S., 34 anos. Eles eram posseiros e viviam no local.
De acordo com o delegado Cristiano Nascimento, da delegacia de Garrafão do Norte, os adultos foram assassinados com um tiro na cabeça cada um.
- Todos os disparos foram perto do ouvido. O da mulher, inclusive, foi dentro do ouvido - contou o delegado. As duas crianças foram mortas a facadas: duas nas costas, uma em cada pulmão; uma no peito e outra na altura do pescoço.
Segundo depoimento do irmão de Milton, ele teria escutado três disparos de arma de fogo na tarde desta quarta-feira, por volta das 18h30m.
- Antônio, irmão de Milton, tem um barraco a cerca de 800 metros do local do crime. Ele contou que ouviu um disparo de arma de fogo e depois mais dois. Quando ele se aproximou da casa do irmão, ouviu gritaria de criança e uma pessoa falar que era pra matar toda a família e quem aparecesse no local - explicou o delegado.
Ainda de acordo com Antônio, ele teria ficado escondido no mato por cerca de 30 minutos, entre 18h45m e 19h15m.
- Quando ele percebeu que fazia silêncio, foi até o local e encontrou a cunhada morta do lado de fora da casa, em frente à porta. Em seguida, viu o irmão dela morto a cinco metros da casa - afirmou Cristiano.
Antônio também relatou à polícia que viu um foco de lanterna a 80 metros do local do crime. Como a luz não se mexia, ele resolveu ir até o local e encontrou o irmão morto.
- Segundo o depoimento, em seguida, ele veio até a sede do município e acionou os policiais. Isso já foi por volta de 2h, pois a colônia é de difícil acesso, distante 36 km do centro do município - explicou o delegado.
De acordo com o policial, Antônio não havia encontrado os corpos das duas crianças.
- Mas ele também afirmou que não entrou na casa e nem fez buscas pelas redondezas - disse.
A polícia foi até o local e encontrou as duas crianças mortas dentro da residência. De acordo com o delegado, chegou-se a cogitar na cidade a hipótese do crime ter sido cometido por índios Tembé, mas a suspeita foi descartada.
- Primeiro porque o modus operandi é de execução mesmo. Nada foi roubado. Encontramos todo o dinheiro e a mercadoria de um estabelecimento comercial que as vítimas possuíam no local, ou seja, a intenção era matar mesmo. Além disso, nunca tivemos problemas com os índios, eles são tranquilos - afirmou o delegado.
Ainda segundo a polícia, o crime causou espanto na cidade. De acordo com o depoimento do irmão da vítima, a família era pacata e não parecia ter inimigos declarados.
Os corpos foram levados para o centro de Garrafão do Norte e em seguida encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Castanhal.



link do postPor anjoseguerreiros, às 10:46 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO