notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
17.3.09
RIO - Uma liminar suspendeu, na manhã desta terça-feira, a demolição do Minhocão da Rocinha. De acordo com a Secretaria especial da Ordem Pública, a decisão da Justiça suspende temporariamente a destruição da construção, que estava programada para esta terça . O prédio - longo e com dois andares de quitinetes - está sendo erguido sem licença da prefeitura.
O secretário de Urbanismo Sérgio Dias dará uma entrevista, ainda nesta terça-feira, sobre o Minhocão. O secretário vai esclarecer decisões tomadas sobre a obra.

Paes vistoriou prédio no domingo
Ao vistoriar o local, no domingo, o prefeito Eduardo Paes garantiu que, se fosse comprovada a falta de autorização para a construção, o edifício seria demolido.
O secretário de Urbanismo disse que os responsáveis pela obra foram notificados e protocolaram o pedido de licença no Posto de Orientação Técnica (POT) da Rocinha. Como as exigências feitas pela prefeitura não foram cumpridas, a autorização não foi dada e a obra foi embargada e multada três vezes.
Na segunda-feira, o secretário municipal de Urbanismo, Sérgio Dias, teria uma reunião com o prefeito para decidir sobre a demolição, mas deixou o Palácio da Cidade no fim da tarde dizendo que o encontro havia sido adiado por causa de um imprevisto e que aguardava uma nova convocação. O secretário da Ordem Pública, Rodrigo Bethlem, também se reuniu com o subprefeito da Zona Sul, Bruno Ramos, e com o administrador regional da Rocinha, Jorge Collaro, mas o teor do encontro não foi divulgado.

Prédio tem 18 quitinetes, diz dona
A baiana Maria Clara dos Santos, conhecida na Rocinha como MC Boquinha, de 44 anos, se defendeu na segunda-feira, dizendo que o edifício é destinado à sua família e não a aluguel. Segundo ela, o prédio tem 18 quitinetes - 15 delas na parte superior, e três no andar de baixo, junto com a futura casa da Maria Clara.
- Estou vivendo num quarto com meus cinco filhos, um neto e meu marido - alegou Maria Clara, acrescentando que quem a está ajudando financeiramente a construir o Minhocão é o sobrinho Frederico Salviano dos Santos, que ajudou a criar e estaria com leucemia morando na Alemanha.
Maria Clara não informou quanto está custando a obra. Ela garantiu que não teria sido notificada nem recebido multas da prefeitura. E negou que tivesse um emprego na sede da União Pró-Melhoramentos dos Moradores da Rocinha, dizendo que trabalha como faxineira.
Por sua vez, o vereador Claudinho da Academia (PSDC), presidente licenciado da principal associação de moradores da Rocinha, se disse contrário ao crescimento desordenado e à especulação imobiliária na favela. Mas declarou ser contrário à demolição do Minhocão:
- A Maria Clara começou a construir o prédio em 2005 e está tentando se regularizar. Ela contou que há um engenheiro responsável pelo projeto e que o prédio é para a sua família. Além disso, não existe uma política habitacional neste país.


link do postPor anjoseguerreiros, às 10:44 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO