notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
13.3.09
GOIÂNIA - Um avião monomotor de prefixo PT-VFI caiu por volta de 18h30m no estacionamento principal do Shopping Flamboyant, em Goiânia, Goiás. Segundo informações da Polícia Militar, a aeronave foi roubada do aeroclube de Luziânia, no entorno de Brasília, por um homem que havia brigado com a mulher. Ele também sequestrou a filha de cinco anos e os dois morreram no acidente.
Segundo informações da Polícia Militar, o piloto era Cléber Barbosa da Silva, de 30 anos, que agrediu a mulher Érica Correia Santos, de 22 anos, na frente da filha, Penélope Barbosa Correia. Silva usou um extintor de incêndio para atingir a cabeça da mulher e a jogou para fora de um veículo Vectra branco, placas KDP-4737, na BR-060, entre Anápolis e Goiânia, na tarde desta quinta. A mulher foi encontrada na beira da estrada agonizando e foi levada para o Hospital de Urgentes de Goiânia, onde está internada em estado grave.
Em seguida, Silva dirigiu até Luziânia, onde alugou o avião para fazer um voo panorâmico. Antes da aeronave decolar, ele rendeu o piloto com uma arma e ordenou que ele saísse da cabine. Ao render o comandante, Silva disse que já tinha matado uma pessoa nesta quinta e que nada o impediria de matar mais gente.
Silva não tinha brevê, mas era apaixonado por aviões e sabia pilotar. Ele decolou com o avião roubado na companhia da filha. Fez manobras perigosas e ameaçou jogar a aeronave sobre um prédio. Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e um helicóptero da Polícia Militar passaram a monitorar Silva e tentaram interceptá-lo. Os pilotos fizeram contato, mas não houve resposta. Cerca de 40 minutos após decolar, ele jogou o avião no estacionamento do shopping. A aeronave caiu a 10 metros da entrada principal do shopping.
De acordo com a Polícia Militar, nenhuma pessoa que estava em terra ficou ferida. Pelo menos 23 carros foram atingidos. Os corpos do piloto e da filha só foram retirados dos destroços pouco antes de 21h.
O Aeroporto Santa Genoveva, na capital, foi fechado para pousos e decolagens por uma hora. O shopping foi bloqueado para o trabalho dos bombeiros, da Polícia Federal, e de representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Homem é suspeito de ter estuprado menina
O carro que Kleber abandonou no Aeroclube de Luziânia pode ligá-lo a outro crime. Segundo a polícia, ele é suspeito de ter estuprado uma menina de 13 anos na segunda-feira, na região metropolitana de Goiânia. Familiares da mulher dizem que ele tinha um comportamento depressivo.
- Sempre a Érica falava que ele não estava feliz, sempre arranjava uma desculpa, mas ele falava que sofria de depressão - revela o primo de Érica, Jonathan Souza.

No MT, avião cai e passageiros se salvam
Em Cáceres, no Mato Grosso, pelo menos três pessoas ficaram feridas na queda de um avião de pequeno porte, nesta quinta-feira. O avião caiu na fazenda Nossa Senhora Aparecida. A Policia Militar informa que cinco pessoas estavam na aeronave e duas estão gravemente feridas. O quadro mais grave é de Osmair Socorro dos Santos, dono da fazenda e do monomotor, e de Irani Antônio da Silva, que podem ser transferidos para Cuiabá a qualquer momento.
Além dos dois, estavam no avião o piloto Edemur Guimara Bernardes e os passageiros César Luiz de Souza e Armelino José da Silva. O Hospital Regional de Cárceres não deu detalhes sobre o estado das vitimas. Mais um dos ocupantes do avião estaria ferido.
Foi o segundo acidente envolvendo aviões de pequeno porte no Mato Grosso em uma semana. O primeiro caiu entre domingo e segunda-feira no município de Querência, a 944 quilômetros de Cuiabá. O piloto Rhenner Laphaeth de Oliveira e Silva, de 23 anos, morreu no acidente. Ele pilotava um monomotor Bonanza prefixo PT- LKH, de propriedade do deputado estadual Percival Muniz (PPS). O piloto estava a caminho de São José do Xingu, onde fica a fazenda do deputado para buscá-lo.
Nesta quarta-feira, um avião da TAM apresentou uma pane em Marabá, no Pará. Alguns passageiros tiveram que dormir no aeroporto.
A TAM informou que o voo JJ 3871 (Belém-Marabá-Brasília) arremeteu durante os procedimentos para aterrissagem no aeroporto de Marabá devido a uma indicação técnica no painel do avião. Após nova aproximação, o pouso ocorreu normalmente e a aeronave foi encaminhada para manutenção.
A companhia reiterou que a arremetida é um procedimento comum, realizado para garantir a segurança dos passageiros e tripulantes.
A etapa do voo Marabá-Brasília, que seria feita com o mesmo avião, foi cancelada; os passageiros que seguiriam viagem receberam a assistência necessária e foram acomodados em outros voos da empresa.
link do postPor anjoseguerreiros, às 07:13 

De Anónimo a 13 de Março de 2009 às 09:33
Pobrezinha da criança. Quanto sofrimento,e medo ela não passou antes de morrer...
Por que esses infelizes não acabam somente com suas próprias vidas?
Psicopatas malditos.

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO