notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
17.1.09
RIO e ARLANDA, Suécia - Por mais estranho que possa parecer, passar a noite num avião - em terra - é a novidade em Estocolmo, na Suécia. O Aeroporto Arlanda acaba de inaugurar Liv, o primeiro albergue a funcionar dentro de um jumbo. Isso mesmo, um Boeing 747 foi transformado em hotel e começou a operar esta semana. Os primeiros hóspedes fizeram seu check-in do dia 15 de janeiro.
O empreendedor sueco Oscar Diös está convencido de que dormir num Boeing pode ser divertido. O avião foi dividido em 28 quartos, com capacidade para até 72 hóspedes. Os quartos podem acomodar até quatro pessoas. Os banheiros e lavatórios foram readequados e estão disponíveis no corredor. A suíte (presidencial, diríamos), aqui batizada de Cockpit suíte, fica na cabine do piloto tem vista privilegiada para... a pista do aeroporto. O painel de controle foi preservado intacto, e o 'comandante' paga 1.350 coroas suecas (R$ 383,29) pelo direito a usar o banheiro privativo da suíte. Nos demais quartos, o pernoite sai por a partir de 350 coroas suecas (R$ 99). - Além de oferecer mais uma alternativa para o pernoite no aeroporto, Estocolmo agora conta também com uma nova atração de peso. Isto deve aumentar o interesse pela cidade e pela região, acredita Oscar Diös, CEO e criador do Jumbo Hostel. O interesse é imenso, de operadores de turismo e organizações por todo o mundo - diz, empolgado, Diös.
O Jumbo Hostel é o primeiro albergue instalado num jumbo de verdade. O avião foi construído em 1976. Em novembro de 2002, deixou de voar, e passou a ocupar os fundos do aeroporto. Ano passado, o avião passou por uma reforma completa e agora, com nova finalidade, volta a receber passageiros - quer dizer hóspedes. A ambientação do albergue segue o estilo de voar dos anos 70, integrando os padrões vigentes em design de aviação. Os números dos quartos foram estabelecidos segundo os modelos de jatos da Boeing: 736, 737 e 747. As 170 janelas originais do avião foram preservadas, junto com o bar, as máscaras de oxigênio e os assentos da primeira classe - o espaço da cabine mais nobre do avião foi aproveitado para ser usado como lounge para os hóspedes do albergue.
Para os próximos meses está prevista a inclusão de quatro novos quartos, que estão sendo construídos no compartimento dos motores. Ali também serão aproveitados equipamentos originais dos motores na ambientação. A partir da primavera, os hóspedes poderão usar a asa do avião como uma espécie de 'deque panorâmico'. Outra possibilidade será a de realizar casamentos sobre a asa do avião.
- É fantástico podermos finalmente pode mostrar algo tão exclusivo e especial ao restante do mundo - disse Gisela Olsson, gerente do Jumbo Hostel.
Para pernoitar no Liv, os preços variam de 350 coroas suecas (R$ 99) a 1.350 coroas suecas R$ 383,29 (na Cockpit suíte). A suíte Cockpit tem duas camas ajustáveis e comporta até dois adultos e tem banheiro privativo. Os demais quartos acomodam até quatro pessoas com TV, acesso a internet sem fio gratuita. Os lavatórios e a TV são compartilhadas. Informações adicionais e reservas no site do Jumbo Hostel .


link do postPor anjoseguerreiros, às 12:35  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO