notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
15.2.09
SÃO PAULO - Ruan dos Santos Vasques, de 4 anos, morreu na madrugada deste sábado, em Santos, litoral paulista, vítima de espancamento. O principal suspeito do crime é o padrasto da criança. Ruan vivia com a mãe, a irmã de um ano e o padrasto na Vila Progresso. Durante a madrugada, a mãe levou o menino para o Pronto-Socorro Central. Ele sofreu uma parada cardiorespiratória e morreu.
A tia do menino, Márcia Conceição Vasques, contou que o padrasto desapareceu depois de saber que o menino tinha morrido.
- Ele veio junto com a mãe trazer o menino. Quando avisaram que o menino tinha morrido, ele disfarçou, saiu e foi embora. Agora para onde ele foi, não sabemos - afirmou.
O delegado responsável pelo caso, Bruno Mateo Lázaro, vai esperar os resultados dos exames do Instituto Médico Legal para continuar as investigações. Parentes e a mãe da criança já prestaram depoimento.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:41  comentar

De Maria Célia a 15 de Fevereiro de 2009 às 17:43
Desde o caso da pequena isabella nardoni, parece que virou moda pais, mães, padrastos e madrastas agirem dessa maneira.
E o Conselho Tutelar, parece que ainda não se estruturou.

Agradecemos seu comentário
Maria Célia e Carmen

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO