notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
5.2.09
RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO