notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
23.1.09
Conforme publicamos em texto anterior,"POR QUE A MÍDIA SE CALA?" estamos nos perguntando até agora por que a TV GLOBO, tem ignorado completamente o caso do médico Roger Abdelmassih, 65 anos, de São Paulo, objeto há quatro meses de um inquérito policial , por suspeita de abuso sexual de pacientes.
Quando a investigação foi revelada pelo jornal Folha de S.Paulo, no dia 9, pela repórter Lilian Cristofoletti (foto menor), nove mulheres haviam prestado depoimento contra Abdelmassih; uma semana depois, o número tinha aumentado para 33, se incluído um testemunho que estava sendo colhido na sexta-feira. A jornalista da Folha denunciou o escândalo e , fora uma breve declaração do médico ao mesmo jornal, não se tem notícias do mesmo em nenhum noticiário da Globo. O que mais chama atenção é que não há referência a nenhuma das supostas vítimas do médico, que até o momento passam de 40 mulheres, sendo duas, publicamente reveladas! Nós , particularmente, só temos tido acesso a informações sobre o caso, através da Rede Bandeirantes e Gazeta.
Até a semana passada, todas as denúncias investigadas no inquérito eram de atentado violento ao pudor, que engloba qualquer ato forçado de natureza sexual, menos estupro, definido pela lei como a penetração genital. Parte das mulheres disse ter sido assediada dentro do consultório pelo médico, que tentou beijá-las e acariciá-las à força. Reagiram, e o assédio não avançou. Outras afirmam que estavam sedadas durante o abuso e só vieram a se dar conta depois. Na quinta-feira, dia 15, uma paciente, que hoje mora em Minas Gerais, entrou em contato com o Ministério Público para fazer o que, se confirmado, configuraria a primeira denúncia de estupro. O inquérito policial trata ainda de um tipo de denúncia paralela: pacientes que acusam o médico de lhes ter proposto a utilização de material genético – óvulos e espermatozoides – que não o delas ou o de seus maridos, sem que estes soubessem, depois que as primeiras tentativas de fertilização não surtiram efeito.
Seria a extensa lista de pacientes globais que faz com que ,em lugar do "espalhafato" feito no caso Nardoni e Eloá, só tenhamos silêncio ? Tom Cavalcanti; Luisa Thomé; Carlos Alberto Nóbrega; Renan Calheiros; Pelé; Moacyr Franco; César Filho; Brito Júnior são alguns deles.
Nas página da revista 'Quem", de 23 de janeiro de 2009, é possível ver uma matéria "possívelmente " paga, pois não se realizou em 18 de janeiro de 2009, como dá a entender, mas sim, em 19 de março de 2006. Qual a razão, para neste exato momento em que o médico deveria ser primeira página de matéria policial, a revista relembrar um acontecimento social realizado há dois anos atrás?
Hoje é um dia de muita emoção para mim", dizia dr. Roger, brincando com a estrelinha concebida em sua clínica. "Me senti assim no sucesso da primeira gestação in vitro. Agradeço a Deus por tudo isso, sou instrumento Dele", afirmou o urologista e andrologista, casado há 39 anos e pai de 5 filhos. "Espero que você continue este trabalho maravilhoso que faz", disse Roberto Carlos, grande amigo do médico, que cantou no evento. "Cada vez mais vou investir em tecnologia e pesquisa", avisou dr. Roger, emendando: "Já investi milhares de dólares nas últimas duas décadas. Pesquisa básica é cara, mas fundamental. Muitas vezes perdi, mas não me arrependo. A ciência ganhou sempre e cerca de 4 000 famílias estão felizes. Essa é minha fortuna."
Parece que a "fortuna" de Roger Abdelmassih é maior do que pensamos.........manipular a Rede Globo exige um cacife alto!
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:20 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO