notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
3.2.09
RIO - Por meio da porta-voz Emmanuela Moreau, o Comitê Olímpico Internacional (COI) aceitou nesta segunda-feira o pedido de desculpas do nadador americano Michael Phelps, flagrado inalando em um tubo utilizado para fumar maconha. Segundo a entidade, não há motivos para duvidar da sinceridade do atleta.
- Michael Phelps é um grande campeão olímpico. Ele pediu desculpas por seu comportamento inadequado. Não temos qualquer motivo para duvidar de sua sinceridade e comprometimento para continuar sendo um modelo de comportamento - declarou Moreau.
Ganhador de oito medalhas de ouro na Olimpíada de Pequim, Phelps apareceu nas páginas de domingo do jornal britânico "News of the World". O flagrante teria acontecido em uma festa na Universidade da Carolina do Sul, em novembro do ano passado.
De acordo com as regras da Agência Mundial Antidoping (Wada), a maconha é considerada doping. Porém, um atleta somente sofrerá alguma sanção por uso da droga caso seja flagrado durante uma competição, o que não foi o caso de Phelps.
Como a festa aconteceu três meses após a Olimpíada, época em que Phelps estava de férias, sua atitude não o fará perder as medalhas olímpicas. O nadador americano nunca testou positivo para substâncias proibidas. Durante os Jogos de Pequim, o presidente do COI, o belga Jacques Rogge, chegou a declarar que Phelps era o ícone do evento.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:13  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO