notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
19.7.09

Ex-presidente da África do Sul 'soprou as velinhas' em Johannesburgo.Concerto em sua homenagem teve a participação de Aretha Franklin, Stevie Wonder e outros.

O ex-presidente sul-africano e lider histórico anti-apartheid Nelson Mandela celebrou seu 91º aniversário neste sábado (18) em Johannesburgo.
Além da comemoração em família, Mandela foi homenageado com um show no Radio City Music Hall, em Nova York, com participação de Aretha Franklin, Stevie Wonder e Carla Bruni, entre outros.
O acontecimento encerrou uma semana de celebrações do 91º aniversário de Nelson Mandela. O 90º aniversário de Mandela foi celebrado em Londres.
A campanha de coleta de fundos leva o número 46664, que era o de sua inscrição nas prisões africanas, nas quais passou 27 anos, antes de converter-se no primeiro presidente negro da África do Sul, país que governou de 1994 a 1999.



G1
Veja mais:
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:09  comentar


RIO - A abertura de estradas para criar o Arco Metropolitano, que ligará o município de Itaboraí ao Porto de Itaguaí, revelou uma preciosidade histórica: ao longo de 72 quilômetros dos 145 que terá a nova rodovia, foram descobertos 22 sítios arqueológicos. Eles são os primeiros registros do início da ocupação da Baixada Fluminense e comprovam que ali viveram índios, escravos e colonizadores. Pesquisadores do Instituto de Arqueologia Brasileira (IAB) correm contra o tempo e contra as máquinas pesadas das obras para resgatar o máximo possível antes que o progresso passe literalmente por cima da história. (Vídeo: arqueóloga explica a importância da descoberta)
Peças de cerâmicas e ferro dos séculos XVII e XVIII; uma urna funerária, da tradição Una, os mais antigos ceramistas do litoral brasileiro; cachimbo africano, entre outros itens, comprovam que as áreas arqueológicas da Baixada vão do período pré-histórico ao colonial.
Dos 22 sítios arqueológicos descobertos nos cinco municípios cortados pela nova estrada (Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Japeri, Seropédica e Itaguaí), 14 estão no meio do traçado do Arco Metropolitano e serão demarcados e escavados antes da chegada da obra. Segundo os pesquisadores, apenas um poderá ser preservado. O restante desaparecerá para dar lugar à estrada.



O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:29  comentar

18.7.09

O varredor de rua inglês Allan Brigham recebeu neste sábado um diploma honorário da Universidade de Cambridge, uma das mais prestigiosas da Grã-Bretanha.

Brigham, que há 30 anos limpa as ruas e parques de Cambridge, recebeu a homenagem pelos serviços prestados à comunidade em seu outro trabalho, afirma a universidade.
Além de varrer as ruas, Brigham é guia de turismo, liderando grupos e contando histórias sobre prédios e parques de Cambridge que, de outro modo, poderiam passar despercebidas.
Entre outros homenageados com um diploma honorário de Cambridge estão o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela, o fundador da Microsoft Bill Gates e o bispo sul-africano Desmond Tutu.
Brigham explicou que sempre se interessou mais por história das sociedades, paisagens e cidades do que por reis, rainhas e chefes de governo.
Apesar da homenagem, ele diz que estará de volta varrendo as ruas na segunda-feira, às cinco da manhã.
A melhor parte do dia, diz ele, é coletar o lixo nos parques e espaços verdes de Cambridge.



BBC Brasil
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:35  comentar

17.7.09

As adolescentes da Unidade Feminina de Internação (UFI), administrada pelo Instituto de Atendimento Sócio-Educativo do Espírito Santo (Iases), estão aprendendo a confeccionar novos modelos de caixas de madeira na Oficina de Artesanato. Agora elas estão confeccionando caixas com formato de cara palhaço e de coelho utilizando papel micro-ondulado.
A professora de Artesanato, Maria das Dores, disse que as novas caixas podem ser utilizadas como embalagens de presentes e também como peças decorativas para festas de aniversário ou em datas comemorativas, como por exemplo, a Páscoa.
“Além de ser uma embalagem que já enche os olhos, estes novos modelos de caixas podem ser utilizadas para outros fins. A que tem formato de cara de palhaço pode ser uma alegre lembrancinha de festa de criança, cheia de balas e guloseimas, já a de coelho é ideal para a Páscoa”, disse a professora.

Uma das adolescentes, que já é mãe e frequenta a oficina, gostou tanto da idéia que vai preparar a festa de aniversário do filho com decoração de palhaços. “Já estou fazendo caixinhas para dar de lembrancinha no aniversário dele”, disse a adolescente.

A produção de caixinhas com papel micro-ondulado teve início em janeiro e foi tão bem aceita pelas meninas que a oficina que duraria um mês, teve que ter continuidade. Na segunda-feira (10) elas começaram a produção de caixas em formato de coelhos já para comemorar a Páscoa.
“Começamos com a oficina de caixinhas após a oficina de bijuteria. A idéia era fazer as caixas quadradas para serem utilizadas como porta-jóias. As aulas eram para ser encerradas em fevereiro, mas as meninas gostaram tanto que continuamos com as atividades e trouxemos inovações, novas aplicações, novos modelos”, disse a professora.
A oficina acontece de segunda a sexta-feira, na UFI, em Cariacica Sede, e tem caráter profissionalizante. “A oficina encantou as meninas e elas frequentam as aulas com muita dedicação. Quando saírem daqui, com certeza poderão transformar tudo que aprenderam em uma opção de geração de renda”, disse a professora.

Informações à Imprensa: Assessoria de Comunicação/Iases Lorenza Rodrigues Grativol Tels. (27) 3233.5403 / 9932.7739


link do postPor anjoseguerreiros, às 11:03  comentar


Eles já passaram por lugares como Afeganistão, Kosovo e China.

Christina Gelsone, de 36 anos, e Seth Bloom, de 34, são casados há pouco mais de ano. Mas ao contrário da maioria dos recém-casados, eles quase não têm tempo para aproveitar o apartamento novo, no Harlem, em Nova York. Os dois trabalham como palhaços profissionais e viajam para levar alegria às crianças de regiões remotas pelo mundo. Veja no vídeo ao lado. Quando estão em casa, eles usam o espaço também para o ensaio dos números, que incluem acrobacias, mímicas e muito teatro. Conhecidos como “Acrobuffos”, os dois já se apresentaram juntos ou individualmente em lugares como Afeganistão, Kosovo e China.
“Algumas vezes somos os únicos americanos desarmados”, conta Bloom. “O que fazemos é oferecer às pessoas a chance de liberar suas emoções, que é o primeiro passo para a recuperação de um trauma”, completa Gelsone.
Eles se conhecerem no verão de 2003, no Afeganistão e trabalharam juntos antes de ser oficialmente um casal até 2007. “Eu tentei respeitar a regra de nunca namorar um colega de trabalho”, conta Gelsone, lembrando que resistiu ao relacionamento. “Achar um parceiro de trabalho é mais difícil que um namorado”, completa.
Quando casaram na cidade chinesa de Hangzhou, ela usou um vestido com bolas brancas e ele um traje tradicional chinês. A lua de mel foi no Afeganistão, onde se apresentam todo ano. “Hospitais e infraestrutura são necessários, mas as pessoas também precisam de outros cuidados. O que fazemos deixa as crianças sonharem. Permite que elas imaginem um futuro”, analisa Bloom.
No apartamento de Nova York, comprado a partir de um programa do governo para famílias de baixa renda, fotos das viagens decoram as paredes. Como a vida de palhaço não é muito lucrativa, o casal ganha até US$ 70 mil por ano. Mas para eles, o verdadeiro valor está na experiência de vida. “Nos lugares que visitamos, a vida acontece nas ruas”, diz Bloom.



G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28  comentar


SÃO PAULO - O bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador, concentra o maior índice de acidentes no mundo com escorpiões. Segundo uma pesquisa, de cada 100 moradores do local, seis já foram picados. A grande quantidade de escorpiões no local foi tema de uma pesquisa feita por biólogos.
No bairro praticamente não há sapo, macaco e aves, inimigos naturais do escorpião. Além disso, as ruas são tomadas por lixo e entulho, ambiente propício para a proliferação do escorpião.

- As crianças e os idosos são os que têm o maior risco de desenvolver um acidente grave e principalmente o óbito com a picada - diz a bióloga Rejane Lira.
Durante dois anos, os pesquisadores coletaram escorpiões, conversaram com os moradores, ouviram histórias como a da aposentada Joana Braga. Ela foi picada no banheiro.
- Na hora não doeu. Depois de três minutos começou a doer, a perna começou a inchar. Fui para o hospital, me deram medicamentos e eu melhorei.
O comerciante Manoel Bernardo dos Santos diz que já cansou de matar escorpiões dentro de casa.
- Aqui a gente vê escorpião como se vê barata. Antes de calçar o sapato tem que ver se não tem escorpião dentro.
A sorte é que a espécie mais encontrada no Nordeste de Amaralina é uma de cor amarelada, de veneno mais fraco. A espécie mais perigosa - cuja fêmea se reproduz sem acasalamento, não existe macho - tem a pela mais escura.
- A picada (da espécie mais amarelada) é muito rápida e nem sempre ele injeta uma grande quantidade de veneno - conta a bióloga Rejane Lira.
De acordo com Rejane, a espécie mais perigosa do escorpião no Brasil tem aparecido com frequência nas áreas onde as matas urbanas são substituídas por empreendimentos imobiliários.
No ano passado, 37 mil brasileiros foram picados por escorpiões; 67 deles morreram. O índice é cinco vezes maior que o registrado no começo da década. O Ministério da Saúde admite que o problema é grave e anunciou um reforço no trabalho de vigilância.
Os escorpiões são mais velhos que os dinossauros e já existem há 350 milhões de anos. Várias espécies já se extinguiram, mas, das que ficaram, 25 são consideradas perigosas.



O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:09  comentar

16.7.09

Acometido pela paralisia infantil, Seninha realizou o sonho de voar e saltar de pára-quedas com ajuda de instrutor
Luciana La Fortezza

Se a vida cumprisse o roteiro exato das expectativas individuais, Walmi Silva Coelho, o Seninha, seria piloto de aviões. O destino, porém, é (quase) imprevisível. Com 1 ano e 6 meses, ele foi acometido por paralisia infantil. Mas o problema não lhe alijou de conquistas e da realização de sonhos. Ontem, aos 39 anos, Seninha matou o desejo de andar numa aeronave e de saltar de pára-quedas.Passou pelas duas experiências num dia lindo, na companhia de amigos que trabalham com ele num posto de combustível em Bauru. Seninha é frentista, famoso pelo bom humor. “Meu avô contava do bisavô dele, durante a guerra. Um dia, viu um zepelim passar à noite. E eu ficava só imaginando”, comenta. Desde criança, Seninha admirava as conquistas de Santos Dumont. Muitos anos depois de divagar nas histórias ouvidas na infância, encontrou na colega de trabalho Elaine Kato o respaldo que precisava para se jogar em queda livre.Aventureira como ele, decidiram que fariam o salto – acompanhado ontem por um dos proprietários do posto, Luciano Tane, e do filho dele, Thiago Tane. A ansiedade, porém, começou bem antes do avião decolar. A emoção assaltou o sono do frentista, que não fazia questão de escondê-la. Medo, no entanto, era mais fácil identificar na expressão dos outros. Seninha fez o salto duplo (com um instrutor) com a equipe de Paulo Assis da Sky Radical, o primeiro a saltar com uma pessoa com deficiência na América do Sul, em 1997.Diferencial“A experiência foi mais um estímulo para ele”, conta. Como Seninha não tem controle das pernas, elas foram amarradas para evitar que se chocassem e provocassem contusão. Presas, também facilitaram a navegação do pára-quedas por parte do instrutor. O frentista saltou de uma altura de 3,5 mil metros. Foram 45 segundos de queda livre e mais cerca de cinco minutos com o pára-quedas aberto. “Esperamos outros cadeirantes, além dos interessados em geral, para o Festival de Pára-quedismo nos dias 1 e 2 de agosto, em comemoração ao aniversário de Bauru”, acrescenta Assis. De acordo com ele, outro diferencial do salto de ontem foi o momento do pouso. Seninha foi orientado e erguer as pernas com as mãos para cair sobre as pernas do instrutor. “Recomendo a todos”, disse o frentista já em terra firme. As palavras, porém, não seriam necessárias. Seu rosto bastava. Pura satisfação. Como se as dificuldades nunca tivessem existido.“Hoje em dia levo melhor (as restrições da vida de um cadeirante). Não fico mais revoltado. Tem limitação, mas dá para superar. Trabalho, pago meus impostos, vou para os lugares de van, ônibus, de cadeirinha mesmo. Quem gosta de mim tem que gostar assim”, afirma. Seninha, no entanto, não gosta de ser considerado exemplo. “Porque é muita responsabilidade. O que eu gosto de dizer é corra atrás do seu sonho. Quem não tenta, não consegue”, finaliza.

Fonte: JCNet
link do postPor anjoseguerreiros, às 21:23  comentar

15.7.09
Uma enorme mensagem de aniversário foi projetada na torre do Parlamento britânico que abriga o relógio e o sino conhecido como Big Ben, na noite deste sábado, para marcar os 150 anos da sua primeira badalada.
O sino soou pela primeira vez na primeira hora de 11 de julho de 1859.
A data também está sendo marcada por uma série de eventos que devem ocorrer ainda este ano.
Em um deles, crianças e voluntários vão explorar a torre do relógio e pesquisar sua história. História tortuosa
A torre no Palácio de Westminster foi concluída em 1859 e logo se tornou a parte mais famosa do edifício projetado pelo arquiteto Charles Barry para substituir o antigo Parlamento, destruído por um incêndio em 1834.
Mas o Big Ben teve uma história tortuosa.
O primeiro sino se quebrou quando estava sendo testado, dois anos antes da construção da torre.
Seu substituto chegou a ser instalado, mas se estragou com apenas dois meses de uso.
Nos quatro anos seguintes, o Big Ben permaneceu silencioso, até que foram feitos consertos e modificações.
Desde então, é um dos mais famosos símbolos da Grã-Bretanha, mesmo sendo alvo de danos por parte de pássaros, do mau tempo e de operários.
"Depois de 150 anos, o Big Ben continua tendo um lugar especial no coração dos londrinos, e em todo o mundo, como um exemplo magnífico de uma engenharia genial", disse à BBC Mike McCann, responsável pela manutenção do relógio.

BBC Brasil



O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:18  comentar


A empresa aérea Pet Airline - exclusiva para bichos de estimação - fez seu voo inaugural na terça-feira, partindo de Nova York. Como slogan "seu bicho não é bagagem, é passageiro", a empresa aposta nos clientes que querem que seus cães e gatos viajem em conforto e segurança.


Durante o voo, os animais viajam na cabine - especialmente adaptada - e são checados por comissários de bordo de 15 em 15 minutos, para ver se estão bem. Gatos e cachorros viajam separadamente, para evitar brigas.
Os aviões da companhia têm capacidade para transportar até 50 animais a cada voo, e cinco cidades americanas são atendidas. O plano é aumentar este número para 25 nos próximos três anos.

BBC Brasil


O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:02  comentar


O ex-jogador Romário, detido na terça-feira (14) acusado por sua ex-mulher Mônica Santoro de deixar de pagar a pensão alimentícia dos filhos, dormiu sob um pano no chão de uma sala do 16º Distrito Policial (Barra da Tijuca) e jantou um lanche. O ex-craque está calmo porém aborrecido, segundo o delegado titular da 16ª DP, Carlos Augusto Nogueira Pinto.
O delegado disse que o ex-jogador deve ser transferido à Polinter (órgão da polícia do Rio de Janeiro especializado em capturas) na tarde desta quarta-feira.
A defesa tenta na Justiça libertar Romário. A decisão de prender o ex-jogador partiu do juiz Antônio Aurélio Abi-Ramia Duarte, do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio). Procurado, o TJ informou que não pode dar informações sobre o caso por se tratar de segredo de Justiça.
Informações passadas por Nogueira Pinto apontam que Romário adquiriu uma dívida de R$ 50 mil por não pagar a pensão alimentícia dos dois filhos. Segundo o delegado, o ex-jogador deixou de pagar a pensão há dois meses.
Nogueira Pinto também afirmou que, apesar da data de pagamento do segundo mês de pensão vencer no próximo dia 22, o juiz decidiu cobrar R$ 19 mil pelo primeiro mês atrasado, R$ 22 mil pelo segundo, além de uma multa por adquirir a dívida.

Comida comum
Romário permaneceu a noite toda em uma sala na companhia de outros três homens que também foram detidos pelo não pagamento de pensão. Um quarto acusado pelo mesmo motivo foi encaminhado na manhã desta quarta ao local.
Franco Belfiore, 50, um amigo do ex-craque, tentou entregar um jantar ontem à noite --com churrasco e batatas, entre outros-- e pão doce, frutas e café, mas foi impedido pelo delegado. Nogueira Pinto alegou que não pode dar tratamento diferenciado a uma personalidade.
O delegado afirmou que o titular da camisa 11 da seleção brasileira campeã do mundo na Copa de 1994 se mostra calmo, entretanto, como não dormiu direito, está debilitado.
"O Romário parece estar calmo e está um pouco debilitado porque não deve ter dormindo a noite toda. As acomodações infelizmente não são propícias para a pessoa dormir de forma confortável, e ele está cansado", afirmou Nogueira Pinto.
Segundo ele, Romário se mostrou chateado porque ontem à noite tinha um compromisso com dois patrocinadores que estão investindo no clube que ele colabora, o América.
Por telefone, a reportagem da Folha Online não conseguiu localizar o advogado do ex-craque.


DIANA BRITTO


Folha Online
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:54  comentar


pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9


21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


arquivos
visitas
blogs SAPO