notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
5.2.09
Excesso de peso em crianças é mais recorrente que desnutrição, mas não é apenas a alimentação que contribui para esse quadro. Pesquisa realizada na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP avaliou o estado nutricional de alunos da rede pública de São Paulo e aponta para uma crescente prevalência de sobrepeso e de obesidade em crianças, principalmente no sexo masculino, apesar de a dieta se mostrar adequada na maioria dos escolares.
Em seu mestrado, Carolina Menezes Ferreira deu continuidade a outra pesquisa, também da FSP, concluída em 2005, que identificou uma prevalência de excesso de peso – ou sobrepeso – nos 556 escolares analisados, em relação à quantidade deles em estado de desnutrição. Carolina investigou se a alimentação dessas crianças está contribuindo para esse quadro que, segundo ela, é mundial.
Foram avaliados 112 dos 556 escolares, de ambos os sexos, com idades entre 7 e 10 anos, advindos de duas escolas públicas localizadas no distrito de Água Rasa, Zona Leste de São Paulo. Para realizar as análises, a pesquisadora utilizou medidas de peso e estatura, além do questionário de Avaliação de Consumo Alimentar, uma espécie de diário a ser preenchido pelos pais ou responsáveis.

Carolina identificou que 8% das crianças estavam desnutridas, 23% com excesso de peso, 28% estavam obesas e 40% tinham peso normal. O consumo calórico atingiu, em média, 1.600 calorias. Os meninos consomem mais calorias que as meninas. “Isso pode ser explicado pelo fato de que as meninas preocupam-se mais, e desde muito cedo, com a imagem corporal”, diz a pesquisadora.
Dietas (in)adequadas A maioria das crianças apresentou dieta adequada em relação a carboidratos (86,6%), proteínas (94,6%) e lipídios (75,9%), os três principais macronutrientes envolvidos na avaliação do valor calórico e nutricional da alimentação dos escolares.
Os alunos classificados como desnutridos apresentaram consumo adequado dos macronutrientes na dieta (89% em dias úteis e 78% no final de semana). Entre as crianças obesas, 81,3% mostraram consumir dietas adequadas em dias úteis e 65,6% no final de semana. Já 57,8% das normais indicaram consumir dietas adequadas em dias úteis e 37,8% no final de semana.

Isso mostra que não é só a alimentação que contribui para o estado nutricional de uma criança. “Crianças que ingeriam 4.000 calorias – o máximo valor obtido de consumo calórico - tiveram seu peso avaliado como normal”, aponta a nutricionista.
Carolina descobriu, a partir dos questionários, que é costume as crianças realizarem apenas três refeições ao dia. “Era raro encontrar uma criança que costumava fazer refeições intervaladas”, afirma a nutricionista. “O ideal são cinco a seis refeições diárias”. Essa quantidade de refeições também está ligada ao nível socioeconômico das famílias. “Muitas contavam apenas com as refeições oferecidas na escola”, aponta.

Transição A transição de um quadro predominante de desnutrição para a prevalência da obesidade em crianças precisa ser vista com atenção, pois implica numa interferência nas condições de saúde. “Crianças com excesso de peso têm maior probabilidade de desenvolver doenças como hipertensão e diabetes”, alerta Carolina.
A pesquisadora aponta a escola como foco de ação contra esse quadro nutricional, tanto em relação à prática da atividade física quanto em relação à alimentação. “Seria preciso haver educação nutricional na escola, tanto para a criança quanto para os pais, a fim oferecer ao próprio escolar um maior suporte no momento de fazer suas escolhas alimentares.”



tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:43  comentar

Excesso de peso em crianças é mais recorrente que desnutrição, mas não é apenas a alimentação que contribui para esse quadro. Pesquisa realizada na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP avaliou o estado nutricional de alunos da rede pública de São Paulo e aponta para uma crescente prevalência de sobrepeso e de obesidade em crianças, principalmente no sexo masculino, apesar de a dieta se mostrar adequada na maioria dos escolares.
Em seu mestrado, Carolina Menezes Ferreira deu continuidade a outra pesquisa, também da FSP, concluída em 2005, que identificou uma prevalência de excesso de peso – ou sobrepeso – nos 556 escolares analisados, em relação à quantidade deles em estado de desnutrição. Carolina investigou se a alimentação dessas crianças está contribuindo para esse quadro que, segundo ela, é mundial.
Foram avaliados 112 dos 556 escolares, de ambos os sexos, com idades entre 7 e 10 anos, advindos de duas escolas públicas localizadas no distrito de Água Rasa, Zona Leste de São Paulo. Para realizar as análises, a pesquisadora utilizou medidas de peso e estatura, além do questionário de Avaliação de Consumo Alimentar, uma espécie de diário a ser preenchido pelos pais ou responsáveis.

Carolina identificou que 8% das crianças estavam desnutridas, 23% com excesso de peso, 28% estavam obesas e 40% tinham peso normal. O consumo calórico atingiu, em média, 1.600 calorias. Os meninos consomem mais calorias que as meninas. “Isso pode ser explicado pelo fato de que as meninas preocupam-se mais, e desde muito cedo, com a imagem corporal”, diz a pesquisadora.
Dietas (in)adequadas A maioria das crianças apresentou dieta adequada em relação a carboidratos (86,6%), proteínas (94,6%) e lipídios (75,9%), os três principais macronutrientes envolvidos na avaliação do valor calórico e nutricional da alimentação dos escolares.
Os alunos classificados como desnutridos apresentaram consumo adequado dos macronutrientes na dieta (89% em dias úteis e 78% no final de semana). Entre as crianças obesas, 81,3% mostraram consumir dietas adequadas em dias úteis e 65,6% no final de semana. Já 57,8% das normais indicaram consumir dietas adequadas em dias úteis e 37,8% no final de semana.

Isso mostra que não é só a alimentação que contribui para o estado nutricional de uma criança. “Crianças que ingeriam 4.000 calorias – o máximo valor obtido de consumo calórico - tiveram seu peso avaliado como normal”, aponta a nutricionista.
Carolina descobriu, a partir dos questionários, que é costume as crianças realizarem apenas três refeições ao dia. “Era raro encontrar uma criança que costumava fazer refeições intervaladas”, afirma a nutricionista. “O ideal são cinco a seis refeições diárias”. Essa quantidade de refeições também está ligada ao nível socioeconômico das famílias. “Muitas contavam apenas com as refeições oferecidas na escola”, aponta.

Transição A transição de um quadro predominante de desnutrição para a prevalência da obesidade em crianças precisa ser vista com atenção, pois implica numa interferência nas condições de saúde. “Crianças com excesso de peso têm maior probabilidade de desenvolver doenças como hipertensão e diabetes”, alerta Carolina.
A pesquisadora aponta a escola como foco de ação contra esse quadro nutricional, tanto em relação à prática da atividade física quanto em relação à alimentação. “Seria preciso haver educação nutricional na escola, tanto para a criança quanto para os pais, a fim oferecer ao próprio escolar um maior suporte no momento de fazer suas escolhas alimentares.”



tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:43  comentar

Excesso de peso em crianças é mais recorrente que desnutrição, mas não é apenas a alimentação que contribui para esse quadro. Pesquisa realizada na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP avaliou o estado nutricional de alunos da rede pública de São Paulo e aponta para uma crescente prevalência de sobrepeso e de obesidade em crianças, principalmente no sexo masculino, apesar de a dieta se mostrar adequada na maioria dos escolares.
Em seu mestrado, Carolina Menezes Ferreira deu continuidade a outra pesquisa, também da FSP, concluída em 2005, que identificou uma prevalência de excesso de peso – ou sobrepeso – nos 556 escolares analisados, em relação à quantidade deles em estado de desnutrição. Carolina investigou se a alimentação dessas crianças está contribuindo para esse quadro que, segundo ela, é mundial.
Foram avaliados 112 dos 556 escolares, de ambos os sexos, com idades entre 7 e 10 anos, advindos de duas escolas públicas localizadas no distrito de Água Rasa, Zona Leste de São Paulo. Para realizar as análises, a pesquisadora utilizou medidas de peso e estatura, além do questionário de Avaliação de Consumo Alimentar, uma espécie de diário a ser preenchido pelos pais ou responsáveis.

Carolina identificou que 8% das crianças estavam desnutridas, 23% com excesso de peso, 28% estavam obesas e 40% tinham peso normal. O consumo calórico atingiu, em média, 1.600 calorias. Os meninos consomem mais calorias que as meninas. “Isso pode ser explicado pelo fato de que as meninas preocupam-se mais, e desde muito cedo, com a imagem corporal”, diz a pesquisadora.
Dietas (in)adequadas A maioria das crianças apresentou dieta adequada em relação a carboidratos (86,6%), proteínas (94,6%) e lipídios (75,9%), os três principais macronutrientes envolvidos na avaliação do valor calórico e nutricional da alimentação dos escolares.
Os alunos classificados como desnutridos apresentaram consumo adequado dos macronutrientes na dieta (89% em dias úteis e 78% no final de semana). Entre as crianças obesas, 81,3% mostraram consumir dietas adequadas em dias úteis e 65,6% no final de semana. Já 57,8% das normais indicaram consumir dietas adequadas em dias úteis e 37,8% no final de semana.

Isso mostra que não é só a alimentação que contribui para o estado nutricional de uma criança. “Crianças que ingeriam 4.000 calorias – o máximo valor obtido de consumo calórico - tiveram seu peso avaliado como normal”, aponta a nutricionista.
Carolina descobriu, a partir dos questionários, que é costume as crianças realizarem apenas três refeições ao dia. “Era raro encontrar uma criança que costumava fazer refeições intervaladas”, afirma a nutricionista. “O ideal são cinco a seis refeições diárias”. Essa quantidade de refeições também está ligada ao nível socioeconômico das famílias. “Muitas contavam apenas com as refeições oferecidas na escola”, aponta.

Transição A transição de um quadro predominante de desnutrição para a prevalência da obesidade em crianças precisa ser vista com atenção, pois implica numa interferência nas condições de saúde. “Crianças com excesso de peso têm maior probabilidade de desenvolver doenças como hipertensão e diabetes”, alerta Carolina.
A pesquisadora aponta a escola como foco de ação contra esse quadro nutricional, tanto em relação à prática da atividade física quanto em relação à alimentação. “Seria preciso haver educação nutricional na escola, tanto para a criança quanto para os pais, a fim oferecer ao próprio escolar um maior suporte no momento de fazer suas escolhas alimentares.”



tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:43  comentar

Excesso de peso em crianças é mais recorrente que desnutrição, mas não é apenas a alimentação que contribui para esse quadro. Pesquisa realizada na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP avaliou o estado nutricional de alunos da rede pública de São Paulo e aponta para uma crescente prevalência de sobrepeso e de obesidade em crianças, principalmente no sexo masculino, apesar de a dieta se mostrar adequada na maioria dos escolares.
Em seu mestrado, Carolina Menezes Ferreira deu continuidade a outra pesquisa, também da FSP, concluída em 2005, que identificou uma prevalência de excesso de peso – ou sobrepeso – nos 556 escolares analisados, em relação à quantidade deles em estado de desnutrição. Carolina investigou se a alimentação dessas crianças está contribuindo para esse quadro que, segundo ela, é mundial.
Foram avaliados 112 dos 556 escolares, de ambos os sexos, com idades entre 7 e 10 anos, advindos de duas escolas públicas localizadas no distrito de Água Rasa, Zona Leste de São Paulo. Para realizar as análises, a pesquisadora utilizou medidas de peso e estatura, além do questionário de Avaliação de Consumo Alimentar, uma espécie de diário a ser preenchido pelos pais ou responsáveis.

Carolina identificou que 8% das crianças estavam desnutridas, 23% com excesso de peso, 28% estavam obesas e 40% tinham peso normal. O consumo calórico atingiu, em média, 1.600 calorias. Os meninos consomem mais calorias que as meninas. “Isso pode ser explicado pelo fato de que as meninas preocupam-se mais, e desde muito cedo, com a imagem corporal”, diz a pesquisadora.
Dietas (in)adequadas A maioria das crianças apresentou dieta adequada em relação a carboidratos (86,6%), proteínas (94,6%) e lipídios (75,9%), os três principais macronutrientes envolvidos na avaliação do valor calórico e nutricional da alimentação dos escolares.
Os alunos classificados como desnutridos apresentaram consumo adequado dos macronutrientes na dieta (89% em dias úteis e 78% no final de semana). Entre as crianças obesas, 81,3% mostraram consumir dietas adequadas em dias úteis e 65,6% no final de semana. Já 57,8% das normais indicaram consumir dietas adequadas em dias úteis e 37,8% no final de semana.

Isso mostra que não é só a alimentação que contribui para o estado nutricional de uma criança. “Crianças que ingeriam 4.000 calorias – o máximo valor obtido de consumo calórico - tiveram seu peso avaliado como normal”, aponta a nutricionista.
Carolina descobriu, a partir dos questionários, que é costume as crianças realizarem apenas três refeições ao dia. “Era raro encontrar uma criança que costumava fazer refeições intervaladas”, afirma a nutricionista. “O ideal são cinco a seis refeições diárias”. Essa quantidade de refeições também está ligada ao nível socioeconômico das famílias. “Muitas contavam apenas com as refeições oferecidas na escola”, aponta.

Transição A transição de um quadro predominante de desnutrição para a prevalência da obesidade em crianças precisa ser vista com atenção, pois implica numa interferência nas condições de saúde. “Crianças com excesso de peso têm maior probabilidade de desenvolver doenças como hipertensão e diabetes”, alerta Carolina.
A pesquisadora aponta a escola como foco de ação contra esse quadro nutricional, tanto em relação à prática da atividade física quanto em relação à alimentação. “Seria preciso haver educação nutricional na escola, tanto para a criança quanto para os pais, a fim oferecer ao próprio escolar um maior suporte no momento de fazer suas escolhas alimentares.”



tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:43  comentar

Excesso de peso em crianças é mais recorrente que desnutrição, mas não é apenas a alimentação que contribui para esse quadro. Pesquisa realizada na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP avaliou o estado nutricional de alunos da rede pública de São Paulo e aponta para uma crescente prevalência de sobrepeso e de obesidade em crianças, principalmente no sexo masculino, apesar de a dieta se mostrar adequada na maioria dos escolares.
Em seu mestrado, Carolina Menezes Ferreira deu continuidade a outra pesquisa, também da FSP, concluída em 2005, que identificou uma prevalência de excesso de peso – ou sobrepeso – nos 556 escolares analisados, em relação à quantidade deles em estado de desnutrição. Carolina investigou se a alimentação dessas crianças está contribuindo para esse quadro que, segundo ela, é mundial.
Foram avaliados 112 dos 556 escolares, de ambos os sexos, com idades entre 7 e 10 anos, advindos de duas escolas públicas localizadas no distrito de Água Rasa, Zona Leste de São Paulo. Para realizar as análises, a pesquisadora utilizou medidas de peso e estatura, além do questionário de Avaliação de Consumo Alimentar, uma espécie de diário a ser preenchido pelos pais ou responsáveis.

Carolina identificou que 8% das crianças estavam desnutridas, 23% com excesso de peso, 28% estavam obesas e 40% tinham peso normal. O consumo calórico atingiu, em média, 1.600 calorias. Os meninos consomem mais calorias que as meninas. “Isso pode ser explicado pelo fato de que as meninas preocupam-se mais, e desde muito cedo, com a imagem corporal”, diz a pesquisadora.
Dietas (in)adequadas A maioria das crianças apresentou dieta adequada em relação a carboidratos (86,6%), proteínas (94,6%) e lipídios (75,9%), os três principais macronutrientes envolvidos na avaliação do valor calórico e nutricional da alimentação dos escolares.
Os alunos classificados como desnutridos apresentaram consumo adequado dos macronutrientes na dieta (89% em dias úteis e 78% no final de semana). Entre as crianças obesas, 81,3% mostraram consumir dietas adequadas em dias úteis e 65,6% no final de semana. Já 57,8% das normais indicaram consumir dietas adequadas em dias úteis e 37,8% no final de semana.

Isso mostra que não é só a alimentação que contribui para o estado nutricional de uma criança. “Crianças que ingeriam 4.000 calorias – o máximo valor obtido de consumo calórico - tiveram seu peso avaliado como normal”, aponta a nutricionista.
Carolina descobriu, a partir dos questionários, que é costume as crianças realizarem apenas três refeições ao dia. “Era raro encontrar uma criança que costumava fazer refeições intervaladas”, afirma a nutricionista. “O ideal são cinco a seis refeições diárias”. Essa quantidade de refeições também está ligada ao nível socioeconômico das famílias. “Muitas contavam apenas com as refeições oferecidas na escola”, aponta.

Transição A transição de um quadro predominante de desnutrição para a prevalência da obesidade em crianças precisa ser vista com atenção, pois implica numa interferência nas condições de saúde. “Crianças com excesso de peso têm maior probabilidade de desenvolver doenças como hipertensão e diabetes”, alerta Carolina.
A pesquisadora aponta a escola como foco de ação contra esse quadro nutricional, tanto em relação à prática da atividade física quanto em relação à alimentação. “Seria preciso haver educação nutricional na escola, tanto para a criança quanto para os pais, a fim oferecer ao próprio escolar um maior suporte no momento de fazer suas escolhas alimentares.”



tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:43  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Bill Gates assustou a platéia da conferência TED 2009 nesta quinta-feira ao abrir um pote cheio de mosquitos vivos, durante um discurso sobre a luta de sua fundação filantrópica contra a malária.
- Eu trouxe alguns mosquitos e vou deixar que ele voem pelo auditório. Não há motivos para apenas os pobres viverem essa experiência - disse Gates, que ficou em silêncio durante alguns segundos antes de acalmar a platéia, esclarecendo que os insetos não estavam infectados.
Chris Anderson, um dos organizadores da conferência, brincou que as manchetes noticiando o fato deveriam dizer "Gates lança mais bugs no mundo". A palavra "bugs", em inglês, pode significar insetos ou falhas em programas de computador.
Durante seu discurso Gates criticou a pouca atenção dada à malária, pelo fato da doença atingir principalmente pessoas pobres em países subdesenvolvidos.
- Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra a calvície do que no combate à malária. Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade - ironizou o fundador da Microsoft.
Ele falou também sobre as estratégias existentes para o combate à doença, entre elas redes que protegem camas onde dormem mulheres e crianças e inseticidas, que na opinião do multimilionárioa deveriam ser distribuídas em países onde a doença é endêmica. Gates informou que há uma vacina em estágio avançado de desenvolvimento que pode salvar 2/3 das pessoas que hoje em dia morrem de malária.
O fundador da Microsoft, que deixou de trabalhar diretamente na empresa no fim do ano passado para se dedicar a filantropia, levantou outra questão importante em sua palestra: como formar bons professores?
Para Gates, 20% dos professores nos EUA fazem um bom trabalho, treinando as pessoas que vão criar as "próximas revoluções". A qualidade, no entanto, vem caindo ao mesmo tempo em que aumenta o êxodo escolar. Como uma possível solução ele sugeriu programas de avaliação de professores, que usam pesquisas sobre a eficiência das aulas e incentivam a troca de informações e técnicas entre os docentes.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:31  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Vestida com um casaco de pele creme, a ex-governadora do Rio de Janeiro e atual Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva , participou na manhã desta quinta-feira de um café da manhã com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ela é a primeira autoridade brasileira a encontrar-se com o democrata.
O encontro contou com a presença de cerca de 3.500 convidados em Washington. Estavam presentes também o ex-premier britânico Tony Blair, a primeira-dama, Michelle Obama, e a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, entre outros.
- Fiquei até o fim do café da manhã. Fiquei tão ansiosa na noite de ontem que quase não dormi - disse Benedita através de sua assessoria de imprensa.
Segundo ela, o Obama disse que "para que as coisas aconteçam, vamos estar sempre unidos".

link do postPor anjoseguerreiros, às 19:23  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

RIO - Foram transferidos nesta quinta-feira à tarde para a Polinter do Grajaú, sob os olhares dos pais abalados e chorosos, os quatro rapazes, amigos de infância, que na noite de quarta-feira foram presos numa casa na Rua Santa Alexandrina, no Rio Comprido, onde foram encontrados 12 quilos de maconha em tabletes e oito vasos com plantas da erva.
Na residência, policiais militares também encontraram duas estufas, onde eram cultivadas as plantas. Para os investigadores da 6ª DP (Cidade Nova), onde foram indiciados por tráfico de drogas, os quatro rapazes pretendiam revender a droga cultivada para ganhar dinheiro. Outros três rapazes foram presos e liberados porque não estavam dentro da residência. Segundo os pais dos presos, todos estavam no local para uma festa. Foi encontrada também uma agenda, com os nomes de compradores e os valores devidos.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:18  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

O Tribunal da Família de Rosário, na Argentina, determinou que um pai faça contato pela internet com seu filho ao menos três dias por semana, para aplacar a "angústia" do garoto, que tem dez anos de idade.
O homem, que é marinheiro e não mora no país desde 1999, ainda terá de comprar webcam e computador para o menino.
Segundo o jornal "Clarin", o pedido partiu da mãe do garoto --ela afirma que o homem não tem residência fixa. Ele teria deixado a Argentina com a promessa de buscar a família depois, o que nunca ocorreu.
Em uma audiência, o garoto afirmou que o pai não o liga há sete meses e que os dois não se encontram há quatro anos.
O contato pela internet tem de ser feito às terças, quintas e domingos, entre 17h e 18h, no horário local.


link do postPor anjoseguerreiros, às 18:37  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Um menino brasileiro de 12 anos morreu eletrocutado ao cruzar a pé uma linha férrea na Argentina. De acordo com a família, o acidente ocorreu na estação Coghlan, na região central da cidade, e não havia sinalização de que o local oferecia risco.
Ítalo Henrique Sampaio Piceda, morador de São Vicente (litoral de São Paulo), morreu no último dia 17 de janeiro --três dias após seu aniversário--, mas a família só conseguiu trazer o corpo para o Brasil quase uma semana depois. Ele passava férias na casa da avó materna, que morava na Argentina havia quase oito anos e voltava para o Brasil. O menino chegou a ser levado a um hospital, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.
Para transportar o corpo ao Brasil, a família teve de mandar embalsamá-lo em uma empresa funerária particular. Ao chegar a São Vicente, no entanto, os familiares descobriram que o corpo já estava em estado avançado de decomposição e, por isso, não puderam realizar um velório com o caixão aberto.
Eu não pude nem velar meu filho com o caixão aberto. Os amiguinhos dele não puderam nem se despedir", diz a enfermeira Fernanda Sampaio Piceda, 36, mãe da vítima.
Traslado
A família reclama da burocracia para realizar o traslado do corpo. Após embalsamado, as autoridades locais teriam impedido duas vezes que o corpo embarcasse para o Brasil.
Uma hora disseram que faltava o carimbo de um juiz local. No outro momento, a Polícia Federal disse que faltava deixar claro que o corpo iria para o Brasil", afirma a avó de Ítalo, Isaura Josefina Sampaio Momenti.
De fato, o processo de extradição dos corpos de brasileiros mortos no exterior depende de uma série de exigências legais, conforme revelam informações disponíveis no site do Ministério das Relações Exteriores. Foi somente com o acidente que a família soube que o consulado brasileiro na Argentina não poderia ajudar nos custos do processo.
Sem dinheiro suficiente para embalsamar e transportar o corpo, Fernanda conta que teve de fazer uma "vaquinha" entre os parentes. A família do menino estima que tenha gasto cerca de US$ 6.000 com o processo.
O próprio ministério brasileiro admite que o custo do procedimento é alto. "O custo destes procedimentos é elevado e o valor deve ser arcado totalmente pela família, uma vez que, por impedimento legal, o MRE [Ministério das Relações Exteriores] não pode ajudar financeiramente", informa. "Caso a família não disponha de recursos, o sepultamento poderá ocorrer no exterior, a cargo do Estado estrangeiro, nos termos da legislação local", explica o órgão, por meio do seu site.
Burocracia
Segundo a avó de Ítalo, enquanto aguardavam para que a mãe do menino chegasse à Argentina, o hospital informou que, caso Fernanda não chegasse logo, o corpo seria enterrado no país.
"Nós estávamos muito abalados. É impossível pensar em todas essas burocracias em um momento destes. Faltou compreensão das autoridades", desabafa a mãe.
Após a tragédia, a família avalia agora processar as instituições que diz ter agido com negligência. Para isto, Fernanda diz estar à procura de um advogado na Argentina.
"Eu não quero dinheiro. Só queria que o meu filho tivesse sido tratado com um pouco mais de sensibilidade", diz. O corpo do menino foi enterrado no último dia 22 em São Vicente.
Outro lado
A empresa TBA (Trenes de Buenos Aires), responsável pela estação de trem onde ocorreu o acidente, nega que o local não seja sinalizado, e disse que a área onde ocorreu o acidente é "cercada e proibida".
Por meio de sua assessoria, a empresa disse à Folha Online que prestou socorro e chamou uma ambulância para resgatar o menino.

A ETERNA BUROCRACIA QUE EXISTE MESMO E O DESCASO COM UMA VIDA HUMANA!!!!!

link do postPor anjoseguerreiros, às 18:25  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Atuação das empresas terceirizadas também é questionada na investigação feita pelo Ministério Público Estadual

SÃO PAULO - Os mamões e as maçãs estavam estragados. Uma única salsicha era dividida entre três alunos. E cubos de carne cheiravam mal, mesmo congelados. Essas são algumas das várias constatações do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) da capital durante inspeções em escolas da rede municipal realizadas entre 2006 e 2007. Foram encontradas diversas irregularidades, da qualidade da merenda aos valores pagos pela Prefeitura e à atuação das empresas terceirizadas.

Formado por integrantes do Legislativo e do Executivo, pais de alunos, professores e membros da sociedade civil, o conselho tem como atribuição fiscalizar a merenda entregue aos alunos, o trabalho das merendeiras e, principalmente, a verba que o governo federal repassa para os municípios. Segundo o próprio site da Prefeitura, "o papel do conselho municipal é de extrema importância para a qualidade da alimentação". A qualidade da merenda foi uma das bandeiras do prefeito Gilberto Kassab durante a campanha à reeleição, no ano passado.

No fim de 2006, o CAE esteve em escolas em que as merendas eram fornecidas pela própria Prefeitura. Observaram que não havia estoque de produtos para o preparo das refeições, o armazenamento era precário e as instalações estavam em péssimas condições.

Mesmo com a entrada de empresas terceirizadas, os problemas continuaram, afirma o conselho. Uma delas "maquiava a quantidade de carne, pois, em vez de fornecer o produto em pedaços, este era desfiado e misturado com legumes", o que inviabilizava a verificação da quantidade por aluno.

No Centro de Educação Infantil Parque Santa Amélia, no Itaim Paulista, zona leste da capital, foi encontrado um freezer cheio de legumes com a data de validade vencida - alguns deles, fotografados pelo CAE, já estavam em decomposição. Os conselheiros também verificaram que as refeições entregues aos alunos tinham apenas 90 gramas. Na escola Dr. Hélio Tavares, também na zona leste, o Departamento de Merenda Escolar verificou "irregularidades na estrutura da cozinha, presença de gordura excessiva e textura heterogênea dos pedaços de carne (levando a supor que tais pedaços eram compostos de diferentes tipos de corte de carne) e quantidade insuficiente de carne e doce de goiaba".

No relatório sobre a Escola Municipal de Educação Especial (Emee) Anne Sullivan, em Santo Amaro, na zona sul, o CAE escreve que a quantidade de merenda por aluno era insuficiente - as merendeiras da empresa terceirizada chegavam a dividir uma salsicha para três crianças. A qualidade da carne era ruim (tinha muita gordura) e o pão e o frango eram insuficientes. A Anne Sullivan é referência na região por atender crianças com deficiência.

Já na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Mário Schomberg, também em Santo Amaro, a "carne cheirava mal, o iogurte apresentava grande quantidade de gelatina e amido e os copos de requeijão tradicional e light apresentavam quantidades diferentes de gordura total, saturada, trans e valor energético, embora os dois produtos indicassem os mesmos ingredientes em suas composições".
Na Emef Sussumu Hirata, no mesmo bairro, a carne também cheirava mal e a salsicha era picada para que cada aluno pudesse comer um pouco. Uma merendeira chegou a dizer aos inspetores que, no passado, recebia 80 quilos de frango por dia. Depois que uma das empresas terceirizadas assumiu a produção das merendas, ela passou a contar com apenas 56 quilos de frango para o mesmo número de alunos.

DEVERIA SER UMA HORA DE ALEGRIA!!


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:17  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

Soltura de ex-deputado, cativo havia quase sete anos, encerra série de libertações unilaterais da guerrilha
BOGOTÁ - Depois de quase sete anos de cativeiro, o ex-deputado colombiano Sigifredo López foi libertado nesta quinta-feira, 5, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e entregue a uma missão humanitária com apoio brasileiro, informou a Cruz Vermelha. Segundo Yves Heller, porta-voz da entidade, o ex-deputado foi entregue a representantes da missão humanitária no departamento (Estado) Valle del Cauca, no sul da Colômbia, e agora segue para a cidade de Cali, capital da província.
López, de 45 anos, havia sido capturado junto com outros 11 de seus colegas deputados da Assembleia Legislativa de Cauca. Ele foi o único deles a sobreviver a um confuso incidente armado, no qual os outros deputados morreram baleados em junho de 2007. O ex-deputado poderá dar novas informações para esclarecer em que circunstâncias dos políticos foram mortos em cativeiro.
A libertação do deputado acontece após a entrega de três policiais, um soldado e do ex-governador do Departamento de Meta Alan Jara, soltos pelas Farc entre domingo e terça-feira. A aeronave, com o emblema do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), saiu da capital do Departamento de Del Valle rumo à densa selva colombiana para receber López, na última etapa da série de solturas unilaterais da guerrilha.
O político fazia parte de um grupo de reféns que as Farc tentam trocar por 500 rebeldes presos. O Brasil, a pedido da entidade humanitária, forneceu helicópteros Cougar, de fabricação francesa, para a operação. O porta-voz da Cruz vermelha agradeceu a participação do País e disse que o órgão "continuará trabalhando para levar proteção e assistência às vítimas."
López, advogado casado e pai de dois filhos, foi sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em abril de 2002, quando um grupo de rebeldes vestidos de policiais e militares invadiu a Assembleia e sequestrou 12 deputados no centro de Cali. A entrega de López faz parte da primeira libertação unilateral de reféns em poder da guerrilha desde fevereiro de 2008, quando uma missão humanitária liderada pela Venezuela recuperou quatro políticos.
As Forças Militares e a polícia suspenderam as operações na região do sudoeste do país, onde ocorreu a entrega. É uma ampla zona de selva com alta presença das Farc e cenário de intensas operações oficiais contra a guerrilha e o narcotráfico. Com as libertações desta semana, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacionalmente, depois dos duros golpes sofridos com a morte de dirigentes, deserções e o resgate de Ingrid Betancourt, segundo analistas. Segundo a imprensa colombiana, López estudou direito na Universidad Santiago de Cali, onde se especializou na área penal. Seu primeiro cargo público foi inspetor de polícia de Pradera, aos 22 anos. Ele foi ainda Secretário de Obras Públicas do Departamento, além de prefeito entre 1992 e 1994. Seu maior posto político foi a Assembleia do Valle del Cauca.


link do postPor anjoseguerreiros, às 16:55  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

RIO - Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciaram hoje a descoberta da maior serpente de todos os tempos. O animal, batizado de Titanoboa cerrejonensis, viveu na Colômbia há 60 milhões de anos e chegava a 13 metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada. O trabalho será publicado na edição desta quinta-feira da revista Nature.
Embora seja uma parente das jiboias modernas, a cobra pré-histórica vivia mais como uma sucuri, e passava a maior parte do tempo na água, diz Jason Head, paleontólogo da Universidade de Toronto Missisauga e principal autor do estudo.
- Ela era capaz de rastejar pela terra e de nadar -
Ainda segundo ele, a fera provavelmente se alimentava de parentes antigos dos crocodilos que habitavam florestas tropicais há 58 e 60 milhões de anos.
- Essa coisa pesa mais que um búfalo e é mais comprida que um ônibus urbano - disse o especialista em cobras Jack Conrad, do Museu de História Natural de Nova York. - Ela poderia facilmente comer algo do tamanho de uma vaca.

Segundo os pesquisadores, a descoberta indica que a região era ainda mais quente no passado, com média de até 34 graus Celsius, já que bichos de sangue frio não conseguem crescer tanto em climas mais frios.
A titanoboa bate o recorde de maior serpente já encontrada por 3,5 metros, superando uma criatura de 40 milhões de anos atrás, descoberta no Egito. Entre as espécies vivas, a maior contra conhecida é uma píton de nove metros, diz um dos autores do estudo, Jonathan Bloch.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:38  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

ROMA - O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, ratificou nesta quinta-feira seu apoio à aprovação de um decreto, que é analisado pelo governo italiano, para proibir a suspensão da alimentação e hidratação de Eluana Englaro, de 38 anos, que está em estado vegetativo há 17. - Compartilho o desejo para a aprovação de um decreto que finalize o que está acontecendo com Eluana Englaro - apelou Alemanno, explicando que este caso não é "particular ou familiar, é uma situação que envolve a comunidade nacional e as leis do Estado".
Na quarta-feira, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou que o governo está avaliando como intervir no caso. Fontes do Executivo do país disseram que havia a possibilidade de emitir um decreto de urgência que proibisse a suspensão da alimentação artificial de Eluana.
Beppino Englaro, pai da italiana, obteve o direito de interromper a alimentação e a hidratação da filha graças a uma decisão definitiva da Corte de Cassação em novembro passado.
- Sinto que agora posso libertar a criatura mais esplêndida que já conheci - disse Beppino, que raramente fala em público, após a sentença.
Vista como um ato de eutanásia ativa, que é proibida pela Constituição da Itália, a decisão foi criticada pelo Vaticano e pelo governo.
- Eu acredito que a vida humana não pode ser um fato particular - disse Alemanno para a rede de televisão TeleRoma 56. - Creio que devemos defender a vida de todos, sou absolutamente contra a decisão de suspender a alimentação de Eluana. Devemos defender a vida humana em todas as suas formas - acrescentou.
Eluana está internada na clínica La Quiete, localizada em Udine, no Nordeste da Itália, desde terça-feira e deve iniciar nesta quinta-feira a redução progressiva da alimentação e da hidratação.
Eluana tem sido muito comparada à americana Terri Schiavo, que morreu em circunstâncias semelhantes, em 2005, após passar 15 anos em coma. No caso dela, também houve uma intensa batalha judicial e muita polêmica na opinião pública.
Especialistas dizem que a morte de Eluana depois da retirada do tubo pode levar cerca de duas semanas, mas que ela não sentirá dor. Médicos da clinica de Udine disseram que ela será sedada para evitar possíveis desconfortos.

MAIS UMA!!!!


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:28  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar

Homem pode ter assassinado estudante em Matinhos.Exame de DNA deve dar novo rumo às investigações.

A polícia do Paraná localizou o corpo de um homem que teria se suicidado na segunda-feira (2), em Curitiba. Segundo os policiais, ele pode ser o autor do assassinato de um estudante de 22 anos, no fim de semana, em Matinhos (PR). Na mesma ocasião, a namorada da vítima foi baleada e estuprada. Ela permanece internada.
A polícia vinha investigando denúncias de que este homem teria participação no crime. Há informações de que ele esteve no litoral no último fim de semana, quando ocorreu o crime.
O corpo do suspeito foi levado para o Instituto Médico Legal de Curitiba. Peritos devem fazer um exame de DNA, comparando amostras de sangue do corpo com o sangue de uma camiseta encontrada pela polícia, perto do local do crime. Os policiais devem seguir para o IML, na tarde desta quinta-feira (5), para prosseguir com as investigações.

Crime
O casal teria entrado em uma trilha acompanhado pelo criminoso, na tarde de sábado (31). Após 15 minutos, o assaltante teria matado o rapaz e baleado a menina. O homem fugiu e voltou ao local à noite, para estuprar a garota. Ela permaneceu 18 horas na mata até ser socorrida por uma equipe dos bombeiros. Inicialmente, a polícia acreditava que o homem se ofereceu para guiar o casal de namorados até uma praia. Depois de ouvir depoimentos e cruzar as informações recolhidas, os investigadores também trabalham com a hipótese de que o criminoso abordou os dois jovens com a intenção de estuprar a moça.


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:06  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar


Programa criado por Lim Ding Wen, de Cingapura, já teve 4 mil downloads. Ele criou o Doodle Kids para as irmãs desenharem na tela do celular.

Lim Ding Wen, de Cingapura, tem nove anos e desenvolve aplicativos para o iPhone, celular multimídia da Apple. O mais recente programa criado por Lim, que está na quarta série, chama-se Doodle Kids e já foi baixado da loja virtual iTunes mais de 4 mil vezes nas últimas duas semanas. Um vídeo no YouTube, indicado pela publicação “Daily Telegraph”, mostra o garoto explicando como funciona sua criação. O aplicativo permite que os usuários do iPhone desenhem com os dedos diretamente na tela do aparelho. Para limpar a imagem, basta chacoalhar o celular. "Desenvolvi o programa para as minhas irmãs mais novas, que gostam de desenhar", disse Lim. Elas têm 3 e 5 anos de idade.
Lim, que se diz familiarizado com seis linguagens de programação, começou a usar computador aos 2 anos de idade. Desde então, já completou cerca de 20 projetos de programação. O pai do menino, Lim Thye Chean, um vice-presidente de tecnologia de uma empresa local, também faz programas para o iPhone. "Todas as noites checamos as estatísticas enviadas para nós por e-mail pelo iTunes, para vermos quem tem mais downloads", disse o pai. O garoto, que diz gostar de ler livros sobre programação, está produzindo outro software para o celular da Apple, um game de ficção científica chamado "Invader Wars".


fonte:G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:39  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

SÃO PAULO - Um casaco de R$ 389 denunciou uma tentativa de furto na tarde desta quarta-feira e resultou na prisão de uma advogada no Shopping Ibirapuera, em Moema, na zona sul de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, às 17h40m, Ana Eugênia Teixeira do Nascimento Santos, de 42 anos, foi flagrada por funcionários da loja Zara, quando saía com roupas, numa sacola, sem ter pago por elas.
- As vendedoras disseram que os dispositivos antifurto das peças foram retirados por ela. Porém, um casaco, por ser mais caro, trazia um segundo alarme escondido - afirmou o sargento Ricardo César do Nascimento, da PM.
Com a advogada, a PM ainda afirma ter encontrado dois alicates de corte, ferramentas que teriam sido utilizadas para a retirada dos dispositivos antifurto das peças.
A Zara informou, por meio de seu escritório de advocacia, que Ana Eugênia saía da loja com quatro roupas, entre casacos e jaquetas femininas, no valor aproximado de R$ 1.500.
Dois advogados de Ana Eugênia, durante entrevista no 27º Distrito Policial (Campo Belo), onde o caso foi registrado, alegaram que sua cliente sofre de depressão, o que poderia explicar a tentativa de furto na loja. Eles ainda disseram que a cliente levava os alicates porque ela também é artesã.
- Ela tem sido tratada com medicação forte, tanto que ainda nem compreende o que fez e tem tido dificuldade para falar com o delegado. Foi um distúrbio momentâneo - afirmou Rodrigo Vieira de Andrade, advogado de Ana Eugênia.

Sem dificuldade
Já o delegado Rodrigo Alasmar, responsável pelo caso, afirmou não ter encontrado dificuldade em falar com a advogada na noite desta quarta. Ana Eugênia acabou detida em flagrante por tentativa de furto, mas os advogados informaram que pediriam o relaxamento de prisão nesta quinta-feira.

QUEM ROUBA 1 BISCOITO PORQUE ESTÁ COM FOME E NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR VAI PRESO ...E ELA VAI SAIR??????

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:48  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

RIO - Apesar de as liminares que permitiam o funcionamento de caça-níqueis terem caído, as máquinas continuam a proliferar na cidade, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo .
Um passeio pela Zonas Norte, Sul, Oeste e Centro mostra claramente o fortalecimento da ilegalidade: os caça-níqueis tomaram conta das regiões a ponto de até o dono de um açougue na Vila da Penha instalar duas maquininhas como forma de aumentar a renda do estabelecimento: o Mercadinho das Carnes, na Rua Ápia, mantém o equipamento do lado de fora, bem perto do balcão onde são expostos pedaços de picanha, alcatra, patinho e outras carnes.
A Avenida Vicente de Carvalho, que corta vários bairros da Zona Norte, mais parece uma passarela da jogatina.
Nesta quarta-feira, agentes da Subsecretaria de Inteligência, da Secretaria estadual de Segurança, com apoio de policiais do Batalhão de Choque localizaram dois bingos na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1.085 e na Rua Barata Ribeiro, 655, em Copacabana. Nos dois endereços foram apreendidas ao todo 35 máquinas de jogos. Dois seguranças foram detidos. No Centro, policiais da 5ª DP (Gomes Freire) estouraram na segunda-feira à noite o Vídeo Bingo Central, localizado numa loja no térreo do edifício Avenida Central, na Rua Bittencourt da Silva, que liga a Avenida Rio Branco ao Largo da Carioca. Dezenove jogadores e seis funcionários foram detidos.
Segundo a polícia, cada máquina de jogo pode render mais de R$ 2.500 por mês. O comerciante que aceita a instalação fica com 20% do dinheiro que restou no equipamento, após a contabilização do valor pago aos jogadores. A Polícia Militar informou que no ano passado foram recolhidas em todo o estado 18.246 máquinas caça-níqueis. Números do 2º Comando de Policiamento de Área (CPA), da PM, que controla a região de seis batalhões da Zona Oeste, mostram que em 2008 foram apreendidas 5.301 máquinas. Para se ter uma idéia da reposição quase imediata das máquinas apreendidas, somente em 2009, até terça-feira passada, foram recolhidos de bares, restaurantes e bingos 577 caça-níqueis na região.
Justiça concede prisão domiciliar a Anísio
A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª região, decidiu, por unanimidade, conceder a Aniz Abrahao David, o Anísio, o direito da prisão domiciliar . Anísio foi preso durante uma operação da Polícia Federal, chamada de 1357, realizada no ano passado contra supostos integrantes de uma quadrilha de estelionatários que atuavam na máfia dos caça-níqueis e também com lavagem de dinheiro no Rio Grande do Norte. Anísio é patrono da escola de samba Beija-Flor.
Em abril de 2007, a Operação Hurricane (furacão, em inglês) - a maior ação de combate à corrupção no Judiciário - já havia levado o contraventor para a cadeia. Mas ele foi solto depois de conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).
A decisão foi tomada na terça-feira. No acórdão, a relatora do processo, desembargadora Margarida Cantarelli diz que "A manutenção do paciente preso preventivamente, há mais de 94 (noventa e quatro) dias, sem oferecer os tratamentos médicos adequados que são considerados indispensáveis, atenta contra a dignidade da pessoa humana". Anísio está preso em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

link do postPor anjoseguerreiros, às 13:31  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BELO HORIZONTE - Um salva-vidas foi preso em Pouso Alegre, no sul de Minas, suspeito de abusar sexualmente de crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o suspeito é funcionário concursado da prefeitura e trabalha na Praça Municipal de Esporte desde 2005. Na casa dele, os policiais encontraram uma filmadora e 13 fitas com imagens de abuso sexual. Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime e disse que sofre de problemas psicológicos.
- Há possibilidade de encontrarmos até mais fitas. Desde 2005, que ele estaria aliciando crianças - disse o delegado regional Carlos Eduardo Pinto.
Segundo a polícia, ele era investigado há um mês. As investigações começaram uma denúncia anônima recebida pela Secretaria Especial de Direitos Humanos.
- Foi instaurado um procedimento investigativo e foi confirmada realmente a veracidade da denúncia - completou o delegado.
Segundo a policia, uma arma calibre 32 também foi encontrada em uma chácara em Pouso Alegre. O suspeito está detido na cadeia da cidade.
- As fitas mostram diversos locais. Existem lugares azulejados, um casa bem simples, aparentemente um quarto com piso bem simples, com um colchão no chão. Então, nos vamos identificar esses locais agora, verificar as datas. A investigação deve prosseguir ainda por mais uns 30 dias - afirmou o delegado.
O Conselho Tutelar de Pouso Alegre também investiga o caso. De acordo com a prefeitura, o funcionário ficou afastado durante um ano por problemas de saúde e voltou ao trabalho em janeiro. Ele vai responder a processo administrativo.

tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:15  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  comentar

BANGALORE - O Google lançou nesta quarta-feira um software, batizado de Latitude, que permite que os usuários de celulares e outros dispositivos móveis possam compartilhar automaticamente sua localização com a família e amigos, através do Google Maps. O serviço está disponível em 27 países, incluindo o Brasil.
A empresa, que vive cercada por críticas em relação a forma como lida com a privacidade dos seus usuários, argumenta que o serviço é uma forma de saber onde estão seus amigos, "uma questão central nas nossas vidas sociais hoje em dia".
"Agora você pode fazer coisas como ver que sua esposa está presa no tráfego voltando do trabalho, saber que um amigo está na cidade para o fim de semana e se tranquilizar quando o avião de um ente querido pousar em segurança, apesar do mau tempo", diz um post assinado por Vic Gundotra, diretora de mobilidade da empresa. Claro que diversas outras aplicações para a tecnologia podem ser imaginadas, muitas delas não tão nobres.
Através do Google Latitude, é possível manter outras pessoas constantemente informadas sobre sua localização. Controles permitem que os usuários selecionem quem recebe a informação. Pode-se também desligar o serviço a qualquer momento, informou o Google em seu site.
"Diversão à parte, reconhecemos o quão delicados são os dados de localização, então criamos controles de privacidade bastante restritos dentro do aplicativo" - afirma o Google em comunicado publicado em seu blog oficial - "Você não somente controla exatamente quem pode ver sua localização, mas também decide que locais eles podem ver."
Operadoras de telefonia dos Estados Unidos como a Verizon Wireless e Vodafone já oferecem um serviço similar chamado Loopt, que também funciona com o iPhone da Apple.
O Latitude funciona em celulares Blackberry e aparelhos que executam o sistema Symbian S60 ou Windows Mobile. Alguns celulares com sistema Android, criado pelo Google, também são compatíveis. O Google informou que eventualmente o serviço poderá ser executado no iPhone e iTouch e em muitos celulares da Sony Ericsson.
Em 2005, o Google comprou, mas acabou fechando, um serviço de localização que usava mensagens de texto para avisar usuários de celulares sobre a proximidade de amigos.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:36  ver comentários (1) comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
visitas
subscrever feeds
blogs SAPO